Política

27 de novembro de 2020 08:31

Bolsonaro mente e diz que nunca chamou Covid de ‘gripezinha’

Negacionista, o presidente chamou a doença provocada pelo novo coronavírus desta forma em mais de uma oportunidade

↑ Jair Bolsonaro (Foto: Carolina Antunes/PR)

Durante transmissão ao vivo realizada nesta quinta-feira (26) em suas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro disse que “não existe um vídeo ou um áudio” dele chamando de “gripezinha” a Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus. A declaração é falsa.

“Não existe um vídeo ou um áudio meu falando dessa forma. E eu falei pelo meu estado atlético, minha vida pregressa, tá? Que eu sempre cuidei do meu corpo. Sempre gostei de praticar esporte”, disse durante a live.

“Falei lá atrás que, no meu caso, pelo meu passado de atleta — eu não generalizei — se pegasse o Covid, não sentiria quase nada. Foi o que eu falei. Então, o pessoal da mídia, a grande mídia, falando que eu chamei de ‘gripezinha’ a questão do Covid”, alegou o ex-capitão.

A alegação, no entanto, é mentirosa.

Durante entrevista coletiva realizada em 20 de março, o presidente deu a seguinte declaração: “Depois da facada, não vai ser gripezinha que vai me derrubar, não. Tá ok? Se o médico ou o Ministério da Saúde recomendar um novo exame, eu farei. Caso contrário me comportarei como qualquer um de vocês aqui presente”.

Quatro dias depois, em pronunciamento em rede nacional, ele repetiu a expressão falando que não sentiria os efeitos da doença por um suposto “histórico de atleta”.

Naquela altura, a doença já havia deixado cerca de 10 mil mortos no mundo e 46 no Brasil. Hoje são 1,4 milhão vítimas fatias em escala global e 171,4 mil só no Brasil.

 

Fonte: Revista Fórum / Lucas Rocha

Comentários

MAIS NO TH