Política

28 de outubro de 2020 08:43

Sérgio Lira desmente compra de votos em Maragogi

↑ Sérgio Lira e Gabriel Vasconcelos (Foto: Divulgação)

Faltando menos de três semanas para as eleições municipais de 15 de novembro, entre disputas acirradas e denúncias de todos os tipos, o prefeito de Maragogi, Sérgio Lira e seu vice, Gabriel Vasconcelos, por meio da Coligação “MARAGOGI NÃO PODE PARAR, composta pelos partidos PP, PSL e PSDB, emitiu uma nota na noite desta terça-feira, 27, esclarecendo possíveis denúncias de irregularidades na campanha.

A Nota Oficial esclarece: A Coligação “MARAGOGI NÃO PODE PARAR (Composta pelos partidos PP / PSL / PSDB)”, diante das inúmeras manifestações públicas do candidato opositor e dos periódicos que lhe servem, vem a público esclarecer que as informações lançadas de maneira massiva, na tentativa de chamar a atenção, não passam de factoides e devaneios, sem qualquer amparo jurídico, de um político lunático e em decadência e que não possui proposta concreta para o desenvolvimento de Maragogi, demonstrando seu despreparo e desespero diante manifesta vontade do povo de Maragogi de não retroceder. A esse respeito, inclusive, todas as medidas judiciais já estão sendo tomadas contra o candidato opositor que, de maneira covarde e leviana, vem propagando publicamente mentiras a fim de constranger o Poder Judiciário e confundir os eleitores de Maragogi.

Fonte: Tribuna Hoje / Claudio Bulgarelli

Comentários

MAIS NO TH