Política

31 de julho de 2020 17:29

Proposta defendida por Marx Beltrão adia pagamento do Minha Casa Minha Vida

A proposta foi aprovada na Câmara dos Deputados

↑ Marx Beltrão (Foto: Edilson Omena)

Beneficiários do Minha Casa Minha Vida (MCMV) ganham novos prazos de pagamento. Nessa semana, a Caixa Econômica Federal informou que estará prorrogando o tempo de suspensão das parcelas do MCMV.

A proposta foi aprovada na Câmara dos Deputados, e já tinha sido proposta por um outro Projeto de Lei sugerido pelo deputado federal Marx Beltrão (PSD), coordenador da bancada alagoana no Congresso Nacional.

Nesta sexta-feira (31), Marx Beltrão se pronunciou sobre a suspensão do pagamento. “Minha luta é para é para que vire realidade urgentemente. A medida prevê que as parcelas suspensas sejam empurradas para o fim do carnê, depois do prazo final do financiamento. Muita gente trabalhadora de Alagoas e do Brasil teve sua renda e seu salário brutalmente atingidos pela crise da COVID-19. Gente que batalhou muito para conseguir financiar uma casa ou um apartamento e não está conseguindo pagar”, afirmou Marx Beltrão.

Os cadastrados nas faixas 1,5, 2 e 3 do MCMV terão suas cobranças nulas por um período de até seis meses. A decisão deverá contemplar cerca de 2,4 milhões de mutuários, que já solicitaram uma pausa prévia.

Com a chegada da pandemia do novo coronavírus, a Caixa Econômica precisou reformular uma série de ações para garantir a segurança financeira dos seus clientes. No caso dos cadastros do Minha Casa Minha Vida, a solução encontrada foi suspender, temporariamente, as cobranças do financiamento.

A princípio, o projeto ficaria sem receber recursos dos beneficiários por dois meses, depois o tempo foi ampliado para quatro meses e agora está em seis meses. O novo prazo já começou a valer a partir da segunda-feira (26), garantindo assim uma paralisação até o fim do mês de setembro, ou seja, o pagamento só voltará a ser feito em outubro.

No caso dos cadastrados que ainda não tinham aderido à proposta, o prazo de suspensão será de 180 dias. Para isso, é preciso entrar em contato com a Caixa pelas suas centrais de atendimento e informar o interesse em paralisar o pagamento.

A solicitação também pode ser feita pelos aplicativos de habitação da Caixa ou pelo portal eletrônico da instituição. A Caixa informou que a decisão de conceder ainda mais prazos para o pagamento dos financiamentos via MCMV tem como finalidade diminuir o número de inadimplência tendo em vista a crise economia que circunda o país.

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH