Política

26 de maio de 2020 09:02

Zambelli teve informação privilegiada e falou sobre operação da PF contra Witzel

Deputada, uma das principais aliadas de Bolsonaro no Congresso, anunciou em entrevista a uma rádio na tarde desta segunda-feira (25) que a PF deflagraria operações contra governadores

↑ Carla Zambelli (centro) (Foto: Reprodução/Twitter)

A deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP), uma das principais aliadas de Jair Bolsonaro no Congresso Nacional, depois de ter sido uma das principais interlocutoras de Sergio Moro por anos, parece ter obtido informação privilegiada sobre a ação da Polícia Federal contra o governador do Rio, Wilson Witzel, deflagrada na manhã desta terça-feira (26). Nesta segunda, véspera da ação, ela afirmou em entrevista que a PF estaria na iminência de deflagrar operações para investigar irregularidades cometidas por governadores durante a pandemia. Foi numa entrevista à Rádio Gaúcha nesta segunda-feira (25).

Para o vice-líder do PCdoB na Câmara, Márcio Jerry (MA), a fala da deputada é mais uma prova da tentativa de interferência do governo na PF, segundo informa o jornalista Erik Mota, do Congresso em Foco.“Notem a gravidade: deputada Carla Zambelli anuncia operações da Polícia Federal contra governadores. Dá até o nome da operação! Um absurdo o governo de Jair Bolsonaro insistir na tentativa de transformar uma instituição do estado brasileiro em polícia política para perseguir adversários”, afirmou Jerry.

Ao programa Timeline, da Rádio Gaúcha, Zambelli disse: “A gente já teve algumas operações da Polícia Federal que estavam ali, na agulha, para sair, mas não saíam. E a gente deve ter, nos próximos meses, o que a gente vai chamar, talvez, de ‘Covidão’ ou de… não sei qual vai ser o nome que eles vão dar… mas já tem alguns governadores sendo investigados pela Polícia Federal”.

Ouça o trecho da entrevista em tweet da ex-deputada Manuela D´Ávila (PCdoB-RS):

Fonte: Brasil 247

Comentários

MAIS NO TH