Política

17 de março de 2020 08:37

Deputado quer recursos partidários contra Covid-19

JHC anuncia levar proposta ao Congresso; para presidente do PT em Alagoas, media beira a demagogia

↑ JHC diz que parlamentares estão apoiando o seu projeto de lei (Foto: Edilson Omena/arquivo)

O deputado federal João Henrique Caldas (PSB), conhecido como JHC, divulgou em suas redes sociais que encaminhará para votação no Congresso Nacional uma proposta que permita aos partidos políticos doar parte dos recursos dos fundos Eleitoral e Partidário para ajudar no combate à proliferação do coronavírus (Covid-19).

À Tribuna, o parlamentar diz não saber se a proposta será discutida em tempo hábil ou mesmo se será aprovada por seus pares, mas ressalta que o gesto “seria uma sinalização forte da classe política, em especial do Legislativo, de que neste momento todos terão de dar a sua contribuição”.

“Essa é uma avaliação bastante difícil, especialmente em um momento turbulento como o que atravessamos, porém vários parlamentares têm manifestado interesse em apoiar o projeto ou mesmo apresentar projetos semelhantes”, completa JHC.

A reportagem contatou alguns presidentes de partidos políticos em Alagoas para saber a opinião deles sobre a proposta. Dos que responderam, tanto Ricardo Barbosa (PT) quanto o deputado federal Marx Beltrão (PSD) disseram ser favoráveis à ideia.

Através de sua assessoria, Marx Beltrão “acredita que neste momento os esforços no campo da saúde pública devem estar voltados ao combate desta pandemia e, portanto, a proposta merece apoio no Congresso Nacional”.

Já o petista, apesar de favorável à proposta, critica o fato de ela ser insuficiente e “beirar a demagogia”.

“Qualquer proposta nesse sentido é bem-vinda, mas, por exemplo, o presidente que ele [JHC] ajudou a eleger é o primeiro a propagar o vírus pelo Brasil, indo contra a orientações da Organização Mundial de Saúde, inclusive, promovendo atos. Se viu agora, recentemente, o que apoiadores do presidente pensam do coronavírus [pandemia como farsa] e a forma irresponsável que está se tratando isso. Bolsonaro não participou de reunião por videoconferência com outros presidentes da América do Sul. Diante de uma irresponsabilidade dessa, qualquer proposta beira a demagogia”, completa Ricardo Barbosa.

A reunião que Ricardo Barbosa se refere ocorreu na segunda-feira (16).  O senador Rodrigo Cunha, presidente do PSDB em Alagoas, por meio da assessoria da legenda, também foi procurado, mas até o fechamento desta edição não houve resposta.

Fonte: Tribuna Independente / Carlos Amaral

Comentários

MAIS NO TH