Política

13 de março de 2020 18:04

Gabinete de Crise do coronavírus em Alagoas realiza primeira reunião

Secretário do Gabinete Civil, Fábio Farias, coordenou o encontro entre representantes de órgãos públicos e outras instituições

↑ No primeiro encontro do Gabinete de Crise, foi proposta a ampliação do grupo com a inclusão de representantes dos poderes Judiciário e Legislativo (Foto: André Palmeira / Agência Alagoas)

O secretário do Gabinete Civil, Fábio Farias, coordenou, nesta sexta-feira (13), a primeira reunião do Gabinete de Crise da Situação de Emergência (GCSE) para combate ao coronavírus no estado de Alagoas. O decreto de criação foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta sexta. Clique aqui para visualizar. O Comitê foi criado pelo governador Renan Filho com o objetivo de acompanhamento diário e para propor medidas de precaução e ações para o enfrentamento e combate ao Coronavírus.

No primeiro encontro do Gabinete de Crise, foi proposta a ampliação do grupo com a inclusão de representantes dos poderes Judiciário e Legislativo, além da Secretaria de Estado da Comunicação (Secom). “Vamos discutir com o governador essa ampliação no decreto. Todos os órgãos envolvidos têm um papel relevante para colaborar no que for possível diante dessa situação, porque o momento requer dedicação, cautela, prevenção, justamente para evitar o pânico na sociedade”, afirmou o secretário Fábio Farias.

O secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, participou da reunião e ressaltou a necessidade de cautela, principalmente por causa da repercussão equivocada de informações falsas sobre o coronavírus nas redes sociais. “Este Gabinete de Crise tem como um dos seus objetivos, além das decisões, ser multiplicador da serenidade”, disse Ayres, ao repassar algumas explicações técnicas sobre o vírus.

Participam do Gabinete de Crise o Gabinete Civil; a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), a Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP); o Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas; a Polícia Militar; a Universidade Estadual de Ciências da Saúde do Estado de Alagoas (Uncisal); a Universidade Federal de Alagoas (Ufal) e a Associação dos Municípios Alagoanos (AMA).

Foi sugerido e aprovado pelos membros que o grupo trabalhe na articulação das ações dos entes envolvidos com a questão do coronavírus junto ao 102 municípios alagoanos.

A próxima reunião está marcada para a terça-feira (17), na Sala dos Conselhos do Palácio República dos Palmares, em Maceió.

Fonte: Agência Alagoas / Texto: Wellington Santos

Comentários

MAIS NO TH