Política

27 de fevereiro de 2020 16:12

Governo federal reconhece emergência em 42 municípios alagoanos por conta da estiagem

Com isso, Defesa Civil Estadual já pode dar início à Operação Água é Vida

↑ Estiagem em Poço das Trincheiras (Foto: Adailson Calheiros / Arquivo)

O secretário nacional de Proteção e Defesa Civil, Alexandre Lucas Alves assinou portaria considerando o Decreto nº 68.824, de 13 de janeiro de 2020, do Governo do Estado de Alagoas/AL, e as demais informações constantes no processo nº 59051.007843/2020-36, reconhecendo situação de emergência em decorrência de estiagem em 42 municípios.

Esse reconhecimento é fundamental para a manutenção da operação “Pipa”, executada pelo Exército e para a operacionalização da operação “Água é Vida” da Defesa Civil Estadual.

No início do ano a presidente da AMA, prefeita Pauline Pereira, se reuniu com o coordenador da Defesa Civil, Coronel Moisés e equipe, para cobrar o início da operação antes do Carnaval, o que não foi possível por causa da necessidade do reconhecimento federal, agora liberado.

Os recursos são na ordem de R$ 10 milhões e 800 mil e vão beneficiar 300 mil pessoas. No total, serão entregues à população 2 milhões de litros de água por dia. São cerca de 20 litros por dia para cada pessoa. Os caminhões pipas levam de 200 a 300 litros, onde parte é destinada também ao consumo animal.

Este ano, haverá um grande monitoramento da Operação, onde os carros foram inspecionados e serão fiscalizados pela Vigilância Sanitária para verificar qualidade e local de captação da água.

MUNICÍPIOS

Os municípios que estão com a situação de emergência reconhecida pela portaria do governo federal em Alagoas são: Água Branca, Arapiraca, Batalha, Belém, Belo Monte, Cacimbinhas, Canapi, Carneiros, Coité do Nóia, Craíbas, Delmiro Gouveia, Dois Riachos, Estrela de Alagoas, Girau do Ponciano, Igaci, Inhapi, Jacaré dos Homens, Jaramataia, Lagoa da Canoa, Major Izidoro, Maravilha, Mata Grande, Minador do Negrão, Monteirópolis, Olho d’Água das Flores, olho d’Água do Casado, Olho d’Água Grande, Olivença, Ouro Branco, Palestina, Palmeira dos Índios, Pão de Açúcar, Pariconha, Paulo Jacinto, Piranhas, Poço das Trincheiras, Quebrangulo, Santana do Ipanema, São José da Tapera, Senador Rui Palmeira, Tanque d’Arca e Traipu.

Fonte: Tribuna Hoje com Imprensa AMA

Comentários

MAIS NO TH