Política

17 de fevereiro de 2020 10:49

Apoio a Teófilo já reflete negativamente para Rodrigo Cunha

Desgaste do prefeito Rogério Teófilo ameaça imagem do senador Rodrigo Cunha

↑ Cunha tem declarado apoio à tentativa de reeleição de Teófilo Foto: Assessoria

O senador tucano Rodrigo Cunha, que sempre defendeu a nova política e a transparência no uso dos recursos públicos, começa a enfrentar um clima de “saia justa” em Arapiraca, o segundo maior colégio eleitoral de Alagoas.

O apoio declarado à reeleição do prefeito Rogério Teófilo (PSDB) não vem sendo bem digerido pelo grupo que segue o senador, visto que o prefeito arapiraquense enfrenta uma gestão mergulhada em denúncias no Ministério Público, obras paralisadas, insatisfação dos servidores, deficiência no funcionamento dos serviços básicos, além de uma das maiores rejeições populares já registradas na política arapiraquense.

Ainda não há nada oficializado, mas as informações que circulam nos bastidores é que Teófilo vem conversando com os vereadores na tentativa de convencê-los a formar um chapão do PSDB, visando à manutenção do quadro atual da Câmara de Vereadores.

Segundo as informações de bastidores, 14 dos atuais 17 podem fazer parte do ‘pacote’, incluindo o presidente Jario Barros (PRP). Ficariam de fora apenas Rogério Nezinho (MDB), Léo Saturnino (MDB) e Fábio Henrique (PC do B).

Caso o acordo seja concretizado, a situação de Cunha pode ficar ainda pior, visto que além da reeleição de Teófilo, o senador apoiará, por tabela, uma Câmara considerada apática e omissa diante do clamor da população em virtude dos descasos da administração municipal.

Uma das maiores aflições dos seguidores de Cunha é vê-lo hostilizado em sua terra natal, assim como ocorreu com o ex-senador Benedito de Lira, que nas últimas eleições “conquistou” rejeição por osmose, somente por andar ao lado de Teófilo.

 

Fonte: Tribuna Hoje / Sucursal Arapiraca

Comentários

MAIS NO TH