Política

22 de janeiro de 2020 08:24

Seagri e Seades trocam de comando

Titular de uma pasta assumirá a outra; nomes são indicações dos deputados federais Marx Beltrão e Isnaldo Bulhões

↑ Governador Renan Filho informou que são trocas de comandos pontuais em duas secretarias de Estado (Foto: Sandro Lima/arquivo)

A Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura (Seagri) e a Secretaria de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social (Seades) trocarão de comando. João Lessa Neto, hoje titular da Seades vai para a Seagri e Sílvio Bulhões, titular da Agricultura vai para o Desenvolvimento Social. O primeiro é indicação do deputado federal Marx Beltrão (PSD); o segundo do também deputado federal Isnaldo Bulhões (MDB).

À Tribuna Independente, o governador Renan Filho (MDB) confirma a movimentação e diz não haver outras por vir. “Por enquanto, essas são as trocas. Não há nada mais previsto”.

A Seagri é uma pasta cobiçada pelas forças políticas devido a sua inserção nos municípios, uma vez que Alagoas é um estado predominantemente agrícola. A reportagem tentou contato com o deputado Marx Beltrão, tanto diretamente quanto por sua assessoria, mas até o fechamento desta edição não houve resposta.

Apesar da fala do governador, as trocas de comando em secretarias devem se repetir após o Carnaval, uma vez que este ano é de eleições municipais e a “dança das cadeiras” é parte do jogo de construção de chapas, especialmente para a capital e para as maiores cidades do estado. O prazo de desincompatibilização imposto pela Justiça Eleitoral é 4 de abril.

OUTROS NOMES

Outros nomes que têm mais de serem trocados no próximo período, por causa das eleições municipais, são: Fernando Pereira (Progressistas), titular da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh); Mellina Freitas (MDB), da Secretaria de Estado da Cultura (Secult); e Maurício Quintella (PL), da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra).

As demais pastas ou são indicação pessoal do governador ou de partidos com outras candidaturas. Portanto, mesmo que haja alguma possibilidade de desincompatibilização, as chances seriam menores.

Na cota do pessoal de Renan Filho estão a Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz); Secretaria de Estado de Ressocialização e Inclusão Social (Seris); Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo de Alagoas (Sedetur); Secretaria de Segurança Pública (SSP); Secretaria de Estado da Saúde (Sesau); Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag); Secretaria de Estado da Educação (Seduc) ; e Gabinete Civil.

A Secretaria de Estado do Trabalho e Emprego (SETE) está na cota do PTB, do deputado estadual Antonio Albuquerque; Secretaria da Mulher e dos Direitos Humanos do Estado de Alagoas (Semudh), com o PT; e a Secretaria de Estado da Ciência, da Tecnologia e da Inovação (Secti), com o PRTB.

Fonte: Tribuna Independente / Carlos Amaral

Comentários

MAIS NO TH