Política

13 de janeiro de 2020 08:29

Policiais civis decidem sobre indicativo de greve nesta segunda-feira (13)

Categoria aguarda definição do Governo do Estado sobre a pauta de reivindicações, em destaque, o reajuste do piso salarial, além da periculosidade e do serviço voluntário

↑ Ricardo Nazário, presidente do Sindpol (Foto: Sandro Lima)

O Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol) realizará uma assembleia geral nesta segunda-feira (13), no auditório dos Bancários, a partir das 13 horas, para a categoria decidir sobre o indicativo de greve. Os agentes e escrivães de polícia aguardam a definição do Governo do Estado sobre a pauta de reivindicações, em destaque, o reajuste do piso salarial, além da periculosidade e do serviço voluntário.

Os policiais civis reclamam da desvalorização da categoria dada pelo Governo do Estado. Os agentes e escrivães de polícia possuem o pior salário da segurança pública com nível superior em Alagoas. O Governo do Estado também deve 16% de perdas salariais e ainda concedeu 29% de reajuste aos delegados, que ganham o inicial seis vezes mais que os agentes e escrivães. Para piorar a situação, o Governo do Estado encaminhou à Assembleia Legislativa o projeto de serviço voluntário apenas para os delegados.

RESULTADO

Com o trabalho investigativo dos agentes e escrivães a violência em Alagoas foi reduzida em quase 30%. “Mas o governo ignora a importância dos agentes e escrivães, que arriscam suas vidas para proteger a sociedade. Com o descaso às reivindicações, a categoria está desvalorizada e motivada”, alerta Ricardo Nazário.

Na assembleia geral, além da questão salarial, o Sindpol tratará da portaria da Delegacia Geral que acaba com os plantões no interior e na capital, sobrecarregando e desmotivando ainda mais os agente e escrivães nas delegacias.

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH