Política

28 de dezembro de 2019 09:34

Arapiraca conta com 12 pré-candidatos à prefeitura

Baixa popularidade de Rogério Teófilo leva a aumento no número de postulantes ao cargo

↑ José Fábio Bernardo era aliado de Rogério Teófilo, mas decidiu se afastar da gestão e lançou pré-candidatura (Foto: Davi Salsa)

A baixa popularidade da gestão do prefeito Rogério Teófilo (PSDB) e o problema de saúde porque passa o gestor da segunda maior cidade de Alagoas provocam uma escalada no número de pré-candidatos, com vistas à disputa eleitoral no próximo ano.

Ex-aliado de Teófilo, o advogado José Fábio Bernardo, mais conhecido como “JFB”, é o décimo segundo pré-candidato ao cargo, numa eleição que promete ser a mais concorrida da história de Arapiraca.

Pelo MDB do governador Renan Filho, já estão postos os nomes do deputado estadual Ricardo Nezinho e do vice-governador e secretário de estado da Educação, Luciano Barbosa.

O Partido Comunista do Brasil (PCdoB) lançou o nome do professor Saulo Oliveira como pré-candidato à sucessão do prefeito Rogério Teófilo. Também à esquerda, o PT pode lançar candidatura própria, e o nome mais cotado é do advogado Jorge Moura.

A atual vice-prefeita Fabiana Pessoa (Republicanos), esposa do deputado federal Severino Pessoa (Republicanos), que agora faz oposição a Teófilo, já foi anunciada como pré-candidata ao cargo.

O nome do advogado Cláudio Canuto, que era filiado do PSL, deve ser o nome lançado pelo Aliança, partido criado recentemente pelo presidente Jair Bolsonaro.

Ainda na base do grupo político de Rogério Teófilo, o deputado estadual Tarcizo Freire (PP), por enquanto, apoia a reeleição do prefeito, mas sabe das dificuldades do governo tucano, em Arapiraca, e pode lançar seu nome em 2020.

Por outro lado, o ex-deputado estadual Cícero Valentim será o candidato do PSD, apoiado pelo deputado federal Marx Beltrão. O líder comunitário Odilon Tenório confirmou sua pretensão de sair candidato a prefeito pelo PTC.

O advogado Hector Martins, presidente da OAB de Arapiraca, pediu licença da função e também deve entrar na disputa pelo Cidadania.

Rompimento

À Tribuna, Fábio Bernardo, disse que vai disputar a eleição em 2020. Ele lembrou que, em 2016, apoiou a candidatura de Rogério Teófilo e foi candidato a vereador.

“Estava no cargo de assessor de Planejamento e faz pouco mais de um mês que decidi me afastar da gestão municipal”, revelou Fábio Bernardo, que também foi presidente do PSC em Arapiraca.

Ele conta que está ingressando no PRTB do deputado estadual Breno Albuquerque.

Gestor em Traipu diz que reeleição é consequência

Para o prefeito Silvino Cavalcante, da cidade de Traipu, o momento é de continuar focado na execução das obras e ações em andamento, com o propósito de seguir beneficiando a população de forma permanente no município.

Ele destaca, por exemplo, o projeto de bolsa para os músicos. De autoria do Poder Executivo, a iniciativa prevê remuneração para 70 músicos e um maestro.

“O objetivo fundamental deste projeto é fortalecer o principal traço cultural de Traipu, conhecida em toda Alagoas como cidade dos músicos”, destacou o prefeito.

Ainda de acordo com o prefeito Cavalcante, tão importante quanto uma provável reeleição é a execução de todo planejamento já realizado e atualmente em andamento, voltado para atender as demandas da população de Traipu.

“Construção e reforma de praças, postos de Saúde, reforma de escolas, recuperação de estradas, pagamento de salário, implantação de projetos na Agricultura, entre outras ações, são a prioridade número um”, disse.

O prefeito disse ainda que, mesmo com quase nenhum recurso do Governo Federal, obras importantes e reivindicadas há anos pela população estão sendo executadas, como a construção de uma grande praça no povoado Vila São José.

“Com planejamento e recursos próprios, estamos construindo obras estruturantes e permanentes como praça na Vila São José, que é uma das maiores do município, parece mais um calçadão”, disse o prefeito, acrescentando que ouvir a população e realizar os investimentos para atender ao maior número de pessoas é a missão que vem cumprindo.

Como todo político, Cavalcante disse que vem conversando com aliados e estudando a possibilidades de futuras alianças.

“Nossa aliança será realizada com pessoas de bem, que tenham projetos voltados para melhorar a vida das pessoas”, disse.

Prudente, o gestor municipal tem dito que o momento atual é de trabalho e que as eleições terão o debate no momento correto, no próximo ano.

Fonte: Tribuna Independente / Texto: Davi Salsa – Sucursal Arapiraca

Comentários

MAIS NO TH