Política

19 de setembro de 2019 09:03

Teófilo tenta emplacar filho como plano B para 2020

Moacir divide seu tempo em Brasília e Arapiraca, atuando na articulação com órgãos externos e classe política

↑ Moacir pode ser nome para suceder atual prefeito de Arapiraca (Foto: Divulgação)

Sem conseguir realizar uma boa gestão, o prefeito de Arapiraca, Rogério Teófilo (PSDB), investe a cada dia no nome do filho Moacir Teófilo Neto como plano B à sucessão municipal no próximo ano.

Com o status de secretário-executivo de Gabinete, Moacir Teófilo divide seu tempo em Brasília e Arapiraca, atuando na articulação com órgãos externos e classe política.

Essa tentativa de dar visibilidade ao filho é vista por observadores políticos como uma aposta de Rogério Teófilo para a eleição municipal em 2020.

As recentes pesquisas de opinião pública mostram baixa aceitação popular de sua gestão, que está sendo marcada pela paralisação de várias obras, acúmulo de lixo e muitos buracos nas ruas da cidade.

Teófilo tem afirmado em público que vai encarar a tentativa de reeleição, mas nos bastidores a movimentação em torno de um plano alternativo tem sido intensificada nas últimas semanas, com a reaproximação do senador Rodrigo Cunha (PSDB).

Dos sete partidos políticos que apoiaram a eleição em 2016, o prefeito de Arapiraca conta atualmente com o respaldo de apenas três legendas. Deixaram o barco tucano, os grupos do deputado federal Severino Pessoa (PRB) e do deputado estadual Breno Albuquerque (PRTB), que é filho do ex-deputado estadual Dudu Albuquerque.

Sem o apoio dos ex-aliados, Rogério Teófilo, segundo fontes ligadas ao grupo governista, poderá lançar o nome de Moacir Teófilo Neto para a sucessão municipal, tendo como vice a vereadora Aurélia Fernandes (PSB), que apoiou a eleição do senador Rodrigo Cunha e do deputado federal João Henrique Caldas (PSB).

OUTROS NOMES

Por outro lado, a oposição terá um candidato forte na disputa. O nome do deputado estadual Ricardo Nezinho (MDB), o segundo parlamentar mais votado em Alagoas, no ano passado, com 43.961 votos e perdeu a eleição para Teófilo, em 2016, por diferença de apenas 259 votos, é um dos mais cotados ao lado do ex-prefeito e atual vice-governador de Alagoas Luciano Barbosa (MDB).

Além de Nezinho, outros grupos políticos também devem apresentar nomes para a disputa em Arapiraca.

Outros grupos também devem lançar nomes

 

O grupo do deputado federal Severino Pessoa, que foi o fiel da balança na última eleição municipal, pode lançar o nome da atual vice-prefeita Fabiana Pessoa ou ainda firmar aliança com o grupo de Renan Filho e Luciano Barbosa.

A disputa no ano que vem terá outros personagens conhecidos da política arapiraquense, a exemplo do ex-vereador e ex-deputado estadual Cícero Valentim, que recentemente filou-se ao PSD do deputado federal Marx Beltrão para concorrer ao cargo de prefeito.

O deputado estadual Tarcizo Freire (PP), aliado de Teófilo, é uma grande incógnita e pode mais uma vez entrar na disputa.

O nome do presidente da seccional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em Arapiraca, Hector Martins (Cidadania), vem ganhando visibilidade para o pleito, além do PSL, partido do presidente Bolsonaro, que deve escolher o nome do advogado Cláudio Canuto para a disputa em 2020.

No movimento comunitário, o nome de Odilon Tenório (PTC) poderá ser o indicado para o embate político no próximo ano.

ARAPIRACA

Arapiraca é o segundo maior colégio eleitoral de Alagoas com 141.264 eleitores, segundo dados da Justiça Eleitoral, e uma população superior a 200 habitantes.

Por isso, a cidade tem um peso político importante no estado. Atualmente, o PSDB comanda sua Prefeitura – assim como a de Maceió, com Rui Palmeira –, além de ser a cidade natal do senador Rodrigo Cunha – também tucano –, o mais votado em 2018.

Segundo dados do IBGE, o Produto Interno Bruto per capita da cidade é de R$ 17.245,95 e o seu Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) é de 0,649.

Ainda segundo o IBGE, a renda mensal média dos arapiraquenses é de 1,6 salários mínimos.

Fonte: Tribuna Independente / Davi Salsa

Comentários

MAIS NO TH