Política

9 de julho de 2019 19:15

Áudio divulgado mostra Dallagnol comemorando decisão contra ex-presidente Lula; ouça

Trecho atribuído ao procurador teria ocorrido em 28 de setembro de 2018, quando o ministro do STF Luiz Fux derrubou liminar que autorizava o ex-presidente a dar entrevista

↑ O procurador da República, Deltan Dallagnol (Foto: Agência Brasil)

Primeiro áudio divulgado pelo site The Intercept e atribuído ao coordenador da força-tarefa da Lava-Jato, procurador Deltan Dallagnol, mostra o que seria uma comemoração dele à decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux de caçar a liminar que dava permissão ao ex-presidente Lula de dar entrevista às vésperas do primeiro turno da eleição de 2018. No trecho publicado, Dallagnol ainda solicita que os outros procuradores não espalhem a informação para dar menos tempo à defesa de recorrer.

“Não vamos alardear isso aí, para evitar a divulgação enquanto for possível. Porque, quanto antes divulgar isso, vai ter recurso do outro lado, ou vai para plenário. O pessoal pediu para não comentar publicamente, deixar que a notícia surja por outros canais isso, pra evitar precipitar recursos de quem tem posição contrária à nossa”, afirmou no áudio.

Na sequência, ele emenda a comemoração: “Mas a notícia é boa para terminar bem a semana, depois de tantas coisas ruins, e começar bem o final de semana”.

De acordo com o site, o áudio foi enviado aos colegas pelo procurador por meio do aplicativo de mensagens Telegram em 28 de setembro de 2018.

Em nota, a força-tarefa da Lava-Jato afirma que as mensagens não têm como ter a veracidade comprovada e que as supostas conversas têm sido retiradas de seus contextos. “As supostas mensagens atribuídas a integrantes da força-tarefa são oriundas de crime cibernético e não puderam ter seu contexto e veracidade verificados. Diversas dessas supostas mensagens têm sido usadas, editadas ou descontextualizadas, para embasar falsas acusações que contrastam com a realidade dos fatos”.

Em pronunciamento postado em 10 de junho em sua conta no Twitter, Deltan Dallagnol, afirma que a Lava-Jato vem sendo vítima de ataques. Ele ainda reitera que o Ministério Público recorreu “por diversas vezes” contra decisões do então juiz Sérgio Moro. “Essas acusações não procedem e a origem delas está ligada ao ataque criminoso realizado”, afirmou na época.

Ouça o aúdio publicado pelo The Intercept:

Fonte: Estado de Minas

Comentários

MAIS NO TH