Política

23 de maio de 2019 08:21

JHC e Alfredo Gaspar lideram pesquisa à Prefeitura de Maceió

Ibrape divulgou números de intenção de voto para a eleição de 2020 na capital alagoana

↑ JHC chegou a disputar a eleição em 2015; Alfredo Gaspar ensaiou candidatura ao Senado em 2018 (Fotos: Adailson Calheiros e Sandro Lima/arquivo)

Se a eleição à Prefeitura de Maceió fosse agora, a disputa seria entre o deputado federal JHC (PSB) e o procurador-geral de Justiça Alfredo Gaspar de Mendonça Neto. Isso é o que aponta a pesquisa do Ibrape divulgada nesta quarta-feira (22).

Na simulação geral, com 13 nomes, JHC aparece com 24% e Alfredo Gaspar com 19%. Em seguida, está o vereador Davi Davino (Progressistas) com 13% e Ronaldo Lessa (PDT) com 8%. Com 3%, o deputado estadual Cabo Bebeto (PSL) e a deputada federal Tereza Nelma (PSDB) empatam a seguir. Depois estão o presidente da Câmara Municipal Kelmann Vieira (PSDB) e o secretário de Estado da Infraestrutura Maurício Quintella (PR), com 2%.

O vereador Francisco Sales (PPL); o vice-prefeito de Maceió Marcelo Palmeira (Progressistas); o presidente do CSA, e suplente do senador Renan Calheiros (MDB), Rafael Tenório (MDB); e Ricardo Barbosa (PT), pontuam em 1%.

Com só os três melhores colocados na lista maior, JHC tem 30%; Alfredo Gaspar, 24%; e Davi Davino, 17%. Entre o procurador-geral de Justiça e Davi Davino, o chefe do Ministério Público Estadual (MPE) vence por 31% a 23%. Entre JHC e Alfredo Gaspar, o resultado foi 35% a 27% para o deputado. Quando contra Davi Davino, JHC tem 40% contra 21%.

A pesquisa foi realizada entre 18 e 19 de maio e ouviu cinco mil pessoas. O intervalo de confiança é de 95% e a margem de erro é de 3% para mais ou para menos. Os dados foram divulgados primeiro no portal Cada Minuto.

REJEIÇÃO

Quando o Ibrape pergunta “em quem não votariam de jeito nenhum”, Maurício Quintella e Marcelo Palmeira aparecem com 25% e 22%. Depois: Tereza Nelma, 22%; Rafael Tenório, 21%; Francisco Sales, Kelmann Vieira e Ronaldo Lessa com 19%; O deputado estadual Dudu Ronalsa (PSDB), só apareceu na rejeição, 18%; Cabo Bebeto e Ricardo Barbosa, 17%; Davi Davino, 16%; e JHC e Alfredo Gaspar, 13%. Cada entrevistado pôde citar mais de um nome nesta pergunta.

Líderes evitam entusiasmo com pesquisa

Os dois líderes na pesquisa do Ibrape evitaram demonstrar entusiasmo com os números recém-divulgados. Tanto JHC quanto Alfredo Gaspar destacaram as atuais funções que exercem.

Para JHC, os números são resultado do papel que vem desempenhando na política desde os tempos de Assembleia Legislativa.

“O desempenho nas pesquisas serve como reconhecimento a um trabalho que vem sendo construído desde a Assembleia Legislativa, quando marcamos posição firme contra a ‘velha política’ e os conchavos que, infelizmente, marcam parte significante da nossa vida pública. O momento, no entanto, é de focar no exercício do mandato para o qual fomos eleitos e buscar contribuir da melhor forma para que o Brasil atravesse crise, gere oportunidades e empregos com um crescimento sustentável e em busca de justiça social”, diz JHC à Tribuna.

Já Alfredo Gaspar, em nota de sua assessoria, se disse lisonjeado com a pesquisa, mas garante estar focado apenas nas atribuições do MPE.

“Sobre a pesquisa Ibrape divulgada hoje [quarta, 22], que aponta os possíveis candidatos à Prefeitura de Maceió, o procurador-geral de Justiça, Alfredo Gaspar, informou que ficou muito lisonjeado e agradecido pela confiança dessas pessoas cogitarem a sua candidatura. Complementou ainda dizendo que, hoje, está focado 24 horas em suas missões no MPE, sempre dialogando e buscando as soluções para os problemas da sociedade”, diz a nota.

Fonte: Tribuna Independente / Carlos Amaral

Comentários