Política

15 de maio de 2019 18:50

Marx Beltrão: ‘protestos são justos porque não se pode aceitar cortes na educação’

Coordenador da bancada federal alagoana no Congresso Nacional comentou greve da educação

↑ Deputado Marx Beltrão (Foto: Edilson Omena)

O deputado federal Marx Beltrão (PSD), coordenador da bancada alagoana no Congresso Nacional, comentou as manifestações realizadas em Alagoas e em todo o Brasil nesta quarta-feira (15) contra o corte de 30% nos investimentos no sistema público nacional de educação superior. De acordo com o parlamentar, os “protestos em defesa da educação são justos porque não se pode aceitar cortes nesta área vital para o país”.

Marx também ressaltou que as “manifestações são um direito dentro do regime democrático em que felizmente vivemos” e que protestos pacíficos e organizados, “ainda mais em defesa de um tema essencial como a defesa da educação, precisam do apoio de toda a sociedade. Independentemente do governo, reduzir investimentos neste segmento pode significar um enorme retrocesso”.

Na semana passada, o parlamentar protocolou na Câmara requerimento com pedido de informações destinado ao ministro da Educação, Abraham Weintraub. No documento, o parlamentar alagoano pede esclarecimentos ao ministro e ao Ministério acerca do corte de 30% dos recursos a serem repassados para as universidades e os institutos federais de todo o Brasil.

“Precisamos ter respostas concretas e objetivas sobre o motivo e o critério para a realização destes cortes. Acompanhei a fala do ministro nesta quarta-feira no plenário da Câmara, e avalio que as explicações na foram convincentes. Precisamos avançar na educação nacional e não vejo cortes, sejam na educação básica, sejam na educação superior, como medidas mais oportunas neste momento” concluiu Beltrão.

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH