Política

14 de maio de 2019 11:29

ONU-Habitat e Governo de AL realizam Dia D na Grota do Poço Azul

Renan Filho destacou a aceitação do programa pelos moradores destas comunidades

↑ Para o representante da ONU o Vida nas Grotas é um exemplo para outros municípios e estados na América Latina (Foto: Sandro Lima)

O governador de Alagoas Renan Filho (MDB) participou nesta terça-feira (14) do Dia D do Vida nas Grotas acompanhado do diretor do Escritório Regional da ONU-Habitat para a América Latina e o Caribe, Elkin Velasquez. O evento aconteceu na Grota do Poço Azul, localizada no Jardim Petrópolis, na parte alta de Maceió.

Renan Filho destacou a aceitação do programa pelos moradores destas comunidades. “O programa é muito bem sucedido e tem uma parceria muito importante com as Nações Unidas, possibilitando que a gente aproveite boas experiências internacionais e melhore ainda mais o Vida nas Grotas. O que apresentamos em Alagoas pode ser exemplo para outros estados do Brasil e para o mundo, porque é bem aceito pelo beneficiário. Pelo povo que é beneficiado diretamente com o programa”, disse o governador.

O governo de Alagoas já investiu R$ 107 milhões, destinados à melhoria das condições de vida das comunidades de Maceió. Desde 2017, quando se engajou ao Vida Nova nas Grotas, o ONU-Habitat trabalha no projeto “Prosperidade Urbana Sustentável e Inclusiva no Estado de Alagoas: Uma Iniciativa Integrada”. O objetivo é fortalecer a atuação do Estado por meio de uma melhor compreensão do ambiente urbano e do estabelecimento ou aperfeiçoamento de suas políticas públicas, planos e ações.

Estamos trabalhando com muitos aliados e o que estamos acompanhando no governo de Alagoas é um exemplo para outros municípios e estados na América Latina. O objetivo é trabalhar para avançar e não deixar ninguém para trás”, destacou Elkin Velasquez.

Renan Filho contou que 30 grotas já foram beneficiadas e outras 15 estão em obras. “O objetivo é chegar a todas as grotas até o final do segundo mandato. Com a chegada do inverno as obras se tornam ainda mais importantes, porque antes não existia o ordenamento das águas e as casas acabavam sendo inundadas. Era um sacrifício para sair de casa e para voltar depois do dia de trabalho. Com coisas simples realizamos mudanças muito significativas”, afirmou.

Partindo do princípio de que as decisões devem ser tomadas com base em evidências e fundamentadas em dados e informações, o projeto apresenta os seguintes resultados: Conhecimento fortalecido sobre a identificação de oportunidades e potenciais áreas de intervenção e formulação de políticas informadas em áreas estratégicas; Conhecimentos e capacidades fortalecidas para a melhoria e prevenção de favelas e melhoria das condições de vida dos habitantes das grotas; Maior segurança nos espaços públicos de Maceió; Financiamento público e iniciativas econômicas locais melhoradas; e Capacidade fortalecida das instituições e dos servidores diretamente envolvidos na formulação e implementação de políticas e programas urbanos. A entrega final dos resultados e o término do Projeto estão previstos para outubro de 2019.

Na parceria com o Governo de Alagoas, o ONU-Habitat também se dedicou à elaboração do Mapa Rápido Participativo (MRP) de Maceió, uma ferramenta de monitoramento das condições urbanas que utiliza a mesma metodologia aplicada pelo organismo internacional em diversos países para apontar as vulnerabilidades locais, identificar as heterogeneidades de cada comunidade e realizar diagnósticos gerais e temáticos que facilitam a tomada de decisões quanto às medidas a serem adotadas pelo Governo de Alagoas. O ONU-Habitat recebe o auxílio da Secretaria de Estado do Planejamento e Gestão (Seplag) no mapeamento dos dados socioeconômicos e geoespaciais das grotas de Maceió.

Infraestrutura

As obras de mobilidade urbana executadas nas grotas de Maceió, que deram origem ao Vida Nova nas Grotas com o programa Pequenas Obras, Grandes Mudanças, são executados pela Secretaria de Estado do Transporte e Desenvolvimento Urbano (Setrand). O Governo do Estado investiu mais de R$ 50 milhões em obras nas 48 grotas contempladas até o momento. Já foram construídos mais de 19 mil metros de escadarias drenantes, mais 20 mil m² de passeios, implantados mais de 30 mil metros de corrimão e cerca de 500 metros de pontilhão. A expectativa é de que os serviços cheguem a todas as grotas de Maceió até 2020.

Dentro do eixo da mobilidade urbana, as ações são reforçadas pela Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra), com melhorias no interior das casas, realizando serviços de até R$ 5 mil. Já foram visitadas mais de mil casas nas comunidades, com serviços em andamento e outras em processo de licitação.

Cidadania

Atuando na promoção da cidadania nas comunidades atendidas pelo Vida Nova nas Grotas, a Secretaria de Estado da Prevenção à Violência (Seprev) já atendeu 32 grotas de Maceió e beneficiou mais de 5 mil pessoas com orientações sobre o combate ao consumo de drogas, o acolhimento a dependentes químicos, o aproveitamento de espaços públicos, oficinas produtivas e palestras. Os esforços são complementados pelas ações da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), que leva semanalmente, às grotas da capital, os serviços de testes rápidos, vacinação, distribuição de preservativos, repelentes, protetor solar e hipoclorito de sódio. Até o momento, 32 grotas e mais de 23 mil pessoas foram beneficiadas com essas ações em saúde.

As atividades de inclusão também são prioridades do programa. Por meio das secretarias de Estado da Cultura (Secult) e do Esporte, Lazer e Juventude (Selaj), o Governo de Alagoas realiza oficinas socioculturais gratuitas e o projeto Taça das Grotas, que reuniu 16 equipes de futebol e com 320 atletas em 2017, e 24 equipes em 2018. As grotas do Ouro Preto e Piabas, no Jacintinho, São Rafael, em Cruz das Almas, Pau D’Arco, no Feitosa, e a Grota de Ipioca também são atendidas pelo projeto Na Base do Esporte, com cerca de 500 jovens e adultos envolvidos na prática de xadrez, handebol, basquete e futsal.

*Com informações da Agência Alagoas

Fonte: Redação

Comentários

MAIS NO TH