Política

11 de abril de 2019 20:18

Inácio Loiola defende e ALE apoia regionalização do turismo

Loiola explica que iniciativa terá apoio do Ministério do Turismo

↑ Deputado Inácio Loiola (PDT) (Foto: Assessoria)

Descentralizar e ampliar o turismo alagoano para ajudar a fomentar a economia regional com a geração de emprego e renda. É proposta do deputado estadual Inácio Loiola (PDT), apresentada e bastante discutida nesta quinta-feira, no plenário na Casa Tavares Bastos, que solicita ao Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo, a criação do Programa Estadual de Regionalização do Turismo, iniciando a partir de Porto Calvo.

Inácio Loiola explica que a iniciativa terá o apoio do Ministério do Turismo, que estimulará o município a buscar alternativas de crescimento a partir de sua realidade e de suas especificidades, no caso de Porto Calvo, o resgate do acervo e valores históricos e culturais e a promoção de roteiros nas fazendas com casarões e engenhos.

Porto Calvo é a terra de personalidade controverso da história brasileira. É onde nasceu Domingos Fernandes Calabar, conhecido por ter ficado ao lado dos holandeses na guerra contra os portugueses pelo domínio do País. Hoje, a rodovia AL 101 Norte é denominada de rodovia Domingos Calabar devido à lei de autoria do deputado estadual.

Para o parlamentar, o Estado de Alagoas possui vários polos do turismo, contudo, é preciso apoia-los e incentivá-los numa parceria constituída entre o poder público e a iniciativa privada.

“No alto sertão, temos o polo do rio São Francisco abrangendo Piranhas, Olho D’Água das Flores e Delmiro Gouveia. Indo mais além: o polo Água Branca e Mata Grande. No Baixo São Francisco, Penedo e Piaçabuçu e região circunvizinha. Na Zona da Mata, Viçosa, Mar Vermelho, União dos Palmares e Ibateguara. E, no Litoral Norte, toda a região da Costa dos Corais”.

A deputada Jó (PMDB) reitera o apoio a proposição do parlamentar a destacar a necessidade de fortalecer novos polos de turismo no Estado, pois traz benefício à economia local com a maior circulação de turistas, e, consequentemente, vendas ampliadas de artesanato e produtos regionais impulsionando o comércio.

Criar ferramentas para fomentar a regionalização do turismo é imprescindível, afirmou o deputado estadual Ricardo Nezinho (PMDB). Esse projeto objetiva mostrar as potencialidades e revelar para o mundo a riqueza da cultura e da história alagoana. E a Região do Agreste tem muito a mostrar aos turistas com suas riquezas e um comércio forte.

A deputada estadual Cibele Moura (PSDB) disse que esse projeto ajuda a mostrar ainda mais a beleza cultural e natural do Litoral Norte com belas praias e uma rica gastronomia.

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH