Política

28 de janeiro de 2019 20:56

Prefeito de Maceió busca reforço no apoio do Governo Federal ao bairro do Pinheiro

Representantes do Município, da Agência Nacional de Mineração (ANM) e do Serviço Geológico do Brasil (CPRM) também participaram da reunião

↑ Prefeito discutiu situação do Pinheiro em Brasília - Foto: Secom Maceió

O prefeito de Maceió, Rui Palmeira, esteve reunido, na tarde desta segunda-feira (28), em Brasília, com o ministro de Minas e Energia, Bento Costa, e com o secretário Nacional de Geologia, Mineração e Transformação Mineral, Alexandre Vidigal. O encontro teve o objetivo de buscar mais apoio do Governo Federal para o bairro do Pinheiro. Representantes do Município, da Agência Nacional de Mineração (ANM) e do Serviço Geológico do Brasil (CPRM) também participaram da reunião.

“Mesmo com todo esse problema que aconteceu em Minas Gerais, o ministro e o secretário fizeram questão de receber a nossa delegação de Maceió para mostrar o empenho do Governo Federal no caso do Pinheiro e ouvir as nossas solicitações. Hoje são mais de 50 profissionais, entre geofísicos, geólogos e técnicos, trabalhando para buscar o mais rápido possível o diagnóstico tão aguardado pelas famílias do bairro. Assim que eles puderem, vamos recebê-los na capital para ver de perto o drama das famílias de Maceió”, disse Rui.

O gestor também destacou a preocupação com a elaboração do relatório final dos estudos para que novas medidas sejam tomadas. “Eles asseguraram que vamos ter ainda mais empenho e dedicação no trabalho do Pinheiro e que, assim que eles tiverem condições, vão enviar mais técnicos para tentar acelerar o prazo do diagnóstico das fissuras. A gente espera essas informações o quanto antes para que  possamos ter o mais rápido possível as respostas que a população do Pinheiro tanto aguardam”, explicou o prefeito.

Enquanto não há resposta sobre as causas das fissuras em imóveis e vias do bairro do Pinheiro, o prefeito também lembrou as ações de assistência. O decreto desta segunda-feira (28) que suspende a cobrança de IPTU para a população do Pinheiro, a liberação de mais ajuda financeira do Governo Federal para 420 famílias, o acompanhamento da Defesa Civil de Maceió e os trabalhos integrados das secretarias municipais são medidas que buscam amenizar a situação dos moradores.

O secretário de Defesa Civil de Maceió, Dinário Lemos, o secretário Municipal de Desenvolvimento Territorial e Meio Ambiente, Mac Lira, o procurador do Município, Bruno Kiefer, o diretor-presidente do Serviço Geológico do Brasil (CPRM), Esteves Pedro Colnago, o diretor de Hidrologia e Gestão Territorial do CPRM, Antônio Carlos Bacelar, e o diretor-geral da Agencia Nacional de Mineração (ANM), Victor Hugo Fronner Bicca também participaram da reunião na Esplanada dos Ministérios.

Fonte: Assessoria

Comentários