Política

21 de novembro de 2018 08:14

Eleição na Câmara Municipal de Pão de Açúcar tem ‘votos fantasmas’

Atualmente, onze vereadores fazem parte do plenário, porém a escolha da nova Mesa Diretora teve apuração de treze votos

↑ Vereadores de Pão de Açúcar decidiram suspender os trabalhos e retomá-los na próxima sexta-feira (23) (Foto: Fagno Pinto/cortesia)

Muita confusão e denúncias de fraude dos dois grupos de situação e oposição marcaram, na noite de segunda-feira (19), a sessão extraordinária para eleição do novo presidente e da nova Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Pão de Açúcar, município localizado no Sertão de Alagoas.

Onze vereadores compõem o Poder Legislativo local e duas chapas disputaram o pleito. De um lado, o vereador Venerino Oliveira, o Cabo Véio (MDB), e Tereza Brito (MDB) como vice disputaram o pleito contra Aluizio Ribeiro, Aluizio de Enéas (PR) e Diego Correia (PP). Depois de muitas articulações, a eleição mostrou empate de 5 a 5 e um voto branco declarado.

Para desempatar o pleito, o regimento define que o primeiro requisito seria pelo número de mandatos acumulados. Ocorre que Venerino Oliveira, o Cabo Véio, e Aluizio de Enéas têm o mesmo número de mandatos: três. O segundo critério aponta para o vereador mais idoso. No caso de Pão de Açúcar, Venerino Oliveira, o Cabo Véio, seria aclamado presidente por ter 61 anos de idade, enquanto Aluizio de Eneás tem três a menos, ou seja, 58 anos. Contudo, durante a apuração dos votos, surgiram mais dois votos brancos, totalizando 13 votos. Ou seja, dois a mais do que o total de vereadores presentes à sessão.

A contagem de votos surpreendeu tanto os vereadores da situação quanto da oposição, que ficaram atônitos e pediram explicações aos colegas que dirigiam os trabalhos.

Depois de muito bate-boca, os vereadores da chapa 2 se retirarem do plenário, como forma de protesto, e a presidente da Câmara, Lúcia Helena Machado, a Lena Machado (PSD), declarou nula a eleição, o que causou muitos protestos dos vereadores da chapa 1, liderada por Venerino Oliveira, o Cabo Véio.

A reportagem da Tribuna Independente apurou que uma nova sessão deve ocorrer na sexta-feira (23). A proposta é de que seja convocada mais uma sessão extraordinária e agendar a data de uma nova eleição para definir quem será o futuro presidente da Câmara de Pão de Açúcar para o biênio 2019/2020.

Fonte: Tribuna Independente / Davi Salsa

Comentários

MAIS NO TH