Política

13 de setembro de 2018 08:59

Projetos de Silvânio Barbosa seguem tramitação normal

Primeira sessão ordinária após assassinato do parlamentar foi marcada por muita tristeza

↑ Sessão Câmara de Vereadores (Foto: Assessoria)

A sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Maceió da última terça-feira (11) foi marcada por uma  profunda tristeza. Em plenário, os vereadores e vereadoras prestaram homenagens ao parlamentar Silvânio Barbosa (MDB), brutalmente assassinado, cujo corpo foi encontrado no apartamento dele na manhã de sábado (8). Parlamentares e sociedade civil que acompanhavam a sessão realizaram um minuto de silêncio.

Bastante emocionada, a vereadora Silvania Barbosa (PRTB), amiga pessoal de Silvânio, disse que será difícil conviver na Casa sem a presença do vereador, que costumava auxiliá-la nos trabalhos da Casa, secretariando as sessões.

“Hoje, faz cinco dias que eu tive o último momento com Silvânio presidindo uma sessão. Na quinta-feira da semana passada, ele confidenciou a mim que estava muito feliz, algo tinha acontecido e estava em um momento muito feliz. Um dia antes, quando vim para a sessão, ele me abraçava muito e me beijava muito, eu até brinquei: ‘você está se despedindo de mim?’. Ele disse ‘não, amiga. É que eu estou com saudade de você’. Quem conheceu Silvânio sabe da alegria, da energia boa que ele transmitia, e não estou fazendo uso da palavra por momento político de forma alguma, ao contrário, é justamente para que eu possa provar que na política a gente faz amigos, e ele foi um grande amigo que eu tive nesta Casa. Hoje, eu vim porque eu precisava prestar essa homenagem, ele merecia”, declarou a vereadora, que finalizou o discurso pedindo que os presentes oferecessem uma salva de palmas a Silvânio Barbosa.

O vereador Chico Filho (PP) solicitou à presidência da Casa, e o plenário aprovou por unanimidade, a suspensão das atividades ordinárias por uma semana em homenagem ao vereador Silvânio Barbosa. Para Chico, “o clima não é bom. A sensação de todos aqui é de vazio e a gente gostaria de suspender as atividades para retomar um pouco as energias e estar aqui semana que vem para enfrentar os desafios e defender os interesses da sociedade de Maceió”.

Para o presidente da Casa, vereador Kelmann Vieira (PSDB), a morte de Barbosa abalou, não somente o parlamento, mas todo o estado de Alagoas. “Fica esse enorme vazio e a gente não sabe como conduzir os trabalhos. O nobre vereador Silvânio era uma pessoa conhecida em muitas cidades, um líder comunitário que chegou onde chegou através de sua dedicação e trabalho em favor dos menos favorecidos. Confesso que não me sinto bem em estar nesta Casa como se nada tivesse acontecido”, lamentou Vieira.

Em discurso, Luciano Marinho (Podemos), relembrou o começo da vida política ao lado de Silvânio quando ingressaram em movimentos estudantis há 25 anos. “É uma semana muito triste para todos nós. A suspensão dos trabalhos desta Casa no decorrer desta semana se faz com muita justiça pelo que o vereador Silvânio representou para esta Casa e para um milhão de habitantes desta cidade, por tudo que fez em sua vida quanto líder comunitário, quanto liderança política e vereador; por todos os projetos e trabalhos que ele apresentou e foi aprovado por esta Casa que trouxe qualidade de vida para o povo desta cidade. Ele sempre buscou isso: ajudar e servir as pessoas”, disse Luciano.

ESCLARECENDO – Os projetos, requerimentos e indicações que foram apresentados pelo parlamentar seguem a tramitação normal, passam pelas comissões, recebendo parecer e  indo depois para apreciação e votação em Plenário, o que deve acontecer nas próximas semanas. Segundo a coordenação das Comissões Permanentes da Casa, cinco Projetos de Lei de autoria de Silvânio Barbosa encontram-se em tramitação.

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH