Política

11 de setembro de 2018 08:17

Candidato no PR pode assumir mandato de Silvânio Barbosa

Um dos suplentes da coligação de Silvânio Barbosa disputa uma vaga na Câmara dos Deputados pelo Estado da região Sul do Brasil

↑ Silvânio Barbosa foi assassinado e seu corpo foi sepultado no Benedito Bentes (Foto: Arquivo TH)

A vaga em aberto na Câmara Municipal de Maceió (CMM), após o assassinato do vereador Silvânio Barbosa (MDB) pode ser ocupada por candidato a deputado no Paraná. Aroldo Martins (PRB) disputou uma cadeira na Casa de Mário Guimarães em 2016, mas hoje tenta uma na Câmara dos Deputados pelo estado da região Sul do Brasil.

Antes de a convocação para assumir o mandato de vereador em Maceió chegar até ele, é preciso que dois nomes rejeitem o parlamento municipal ou se licenciem do cargo. O primeiro da lista é Galba Netto (MDB). Eleito em 2016, ele se afastou para comandar o Procon em Alagoas. O segundo é Cezar Lira (PSD), atual superintendente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) em Alagoas.

Cezar Lira diz que se convocado, irá assumir o mandato de vereador, mas pretende se licenciar para retornar ao comando da autarquia. “Estou no aguardo do comunicado oficial da Câmara para poder me afastar do Incra e assumir o mandato. O farei para não perder a suplência, mas em seguida me licencio para retornar à autarquia. Temos feitos um bom trabalho aqui e quero terminá-lo”, explica Cezar Lira à Tribuna.

A assessoria de comunicação da CMM adianta que a partir desta terça-feira (11) um comunicado será enviado ao vereador Galba Netto (MDB), licenciado para assumir o Procon de Alagoas. Caso decida permanecer no órgão, os suplentes serão convocados. “Esse trâmite deve ser concluído esta semana”. A Casa de Mário Guimarães decretou luto de três dias devido à morte de Silvânio Barbosa.

Com o assassinato de Silvânio Barbosa, Ana Hora (PSD) assumiu o mandato definitivamente. Antes ela ocupava a cadeira deixada por Galba Netto e, do ponto de vista legal, é esta vaga que está aberta.

Só após a manutenção da licença de Galba Netto e um afastamento de Cezar Lira é que Aroldo Martins será chamado a assumir o mandato na CMM.

A reportagem tentou contatar Aroldo Martins, mas até o fechamento desta edição não houve resposta. Já Galba Netto diz que o caso está muito recente. “Ainda não parei para pensar nessa situação”.

AUDIÊNCIA

O juiz Jamil Amil Albuquerque de Hollanda Ferreira decretou a prisão preventiva de Henrique Matheus da Silva Souza, réu confesso de ter matado Silvânio Barbosa, após audiência de custódia realizada nesta segunda-feira (10).

Fonte: Tribuna Independente / Carlos Amaral

Comentários

MAIS NO TH