Política

20 de julho de 2018 08:43

Alexandre Ayres deixa a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos

Advogado passou quase quatro anos à frente da pasta que trata do meio ambiente e da expansão dos recursos hídricos

↑ Alexandre Ayres irá assumir um cargo em Marechal Deodoro após mais de três anos na Semarh (Foto: Sandro Lima/arquivo)

Após três anos e quase oito meses à frente da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh), o advogado Alexandre Ayres deixa a Pasta para assumir outra função.

Com o irmão, Cláudio Filho Cacau (PSD), prefeito de Marechal Deodoro, Ayres estará “contribuindo com a gestão no município” a partir da próxima semana.

A confirmação de sua saída partiu do próprio secretário Alexandre Ayres à reportagem da Tribuna Independente. Cotado para assumir a Pasta está o secretário-adjunto, Edilson Ramos.

“Estou indo para Marechal Deodoro para contribuir com a gestão do prefeito Cacau. Tudo está sendo muito bem encaminhado e alinhado com o deputado federal e ex-ministro do Turismo Marx Beltrão [responsável por sua indicação para gerir a Semarh] e com o governador [Renan Filho, MDB]”, informou Alexandre Ayres.

Para ele, os últimos três anos à frente da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos foram de muito trabalho para garantir políticas de sustentabilidade e expansão da água junto aos municípios alagoanos.

Alexandre Ayres elenca alguns “marcos” que ele considera preponderantes para o Estado. “O encerramento de todos os lixões em Alagoas foi um feito histórico. Quando assumimos em 2015, apenas a capital Maceió destinava corretamente os seus resíduos sólidos. Apenas Maceió estava com o lixão fechado. Graças ao planejamento da Semarh, criamos a Política de Resíduos no Estado e passamos a dialogar com os municípios. As prefeituras passaram atender o chamado da Semarh e deram início ao fechamento dos lixões. Posteriormente, o Ministério Público Estadual [MPE] foi um agente importante para finalizar de vez os lixões em Alagoas”, destacou Alexandre Ayres.

Quantos aos recursos hídricos, o ainda titular da Semarh destacou que houve uma série de avanços nesta política.

“Quando assumi, o Governo de Alagoas tinha duas máquinas perfuratrizes paradas. Demos início ao Programa de Perfuração de Poços e conseguimos atingir todas as regiões de Alagoas. São mais de 600 poços perfurados em mais de três anos. Não importa se a região a ser perfurada era urbana ou rural e lá estava o programa. Outro programa que ampliamos seu raio de atuação foi o de Recuperação de Nascentes. São mais de 100 nascentes revitalizadas desde 2015. Um programa relevante para assegurar água própria ao consumo humano a quem sempre teve precariedade em acessar um recurso tão importante para seu desenvolvimento social e econômico”, lembra o secretário Alexandre Ayres.

APOIO POLÍTICO

Indicado ao cargo à frente da Semarh pelo deputado federal Marx Beltrão, Alexandre Ayres garante que no pleito eleitoral deste ano está prestando o seu apoio político à reeleição do parlamentar, bem como estará atuando pela eleição de Sérgio Toledo (PR) à Câmara.

Fonte: Tribuna Independente / Editoria de Política

Comentários

MAIS NO TH