Política

29 de maio de 2018 08:08

Petista critica situação política com Michel Temer

Professor Luizinho é entrevistado e trata sobre o clima político do país

↑ Luiz Gomes destaca que é preciso ter um olhar mais atento ao cenário político atualmente em Brasília (Foto: Arthur Melo)

O TH Entrevista, veiculado no portal Tribuna Hoje, desta semana recebeu o professor de História da Universidade Estadual de Alagoas (Uneal), Luiz Gomes. Ele fala sobre sua pré-candidatura a deputado estadual pelo Partido dos Trabalhadores (PT) e o que pretende fazer caso consiga uma das cadeiras da Assembleia Legislativa do Estado (ALE).

O militante petista relata que recebeu o convite de várias lideranças do PT para pudesse ser um nome novo em meio à situação política que o país vem vivendo.

“Estamos vivendo um momento muito difícil no qual a presidente eleita [Dilma Rousseff] foi tirada através de um golpe e de repente todos os indicadores, toda a situação social do país se deteriorou muito. A gente vê os números de desemprego subindo, aumento de gasolina, gás, além do cenário de injustiça com o presidente Lula. Passei um tempo pensando e aceitei o desafio”, destacou.

Professor Luizinho, como é conhecido, disse ainda que apesar de sua candidatura ser para deputado estadual, caso seja eleito, fará um trabalho em paralelo com o que acontece em Brasília.

“Apesar de a minha candidatura ser para deputado estadual e sabermos que o papel do deputado é fiscalizar o trabalho do Executivo, além de elaborar propostas, a gente precisa estar antenado com o que acontece no país. O congelamento dos recursos públicos vai impossibilitar que a população amanhã queira ter acesso à educação e saúde, pois, a tendência é a população aumentar e os recursos estarem escassos. A saída para a situação de Alagoas que tende a se agravar por ser é um estado pobre e depende muito de recursos, depende totalmente da saída positiva de uma situação nacional”, argumenta.

 

Assista à entrevista na íntegra:

 

 

Fonte: Tribuna Independente

Comentários

MAIS NO TH