Política

24 de maio de 2018 07:57

Vereadora quer acesso à denúncia contra Rogério Teófilo

Sinielza Pessoa está prestes a retornar à condição de suplente na Câmara

↑ Vereadora Sinielza Pessoa esteve no Ministério Público e agora quer pressionar o prefeito por respostas (Foto: Assessoria)

A briga política entre os grupos do deputado estadual Severino Pessoa (PRB) e do prefeito Rogério Teófilo (PSDB) ganhou mais um capítulo. Nesta quarta-feira (23), a vereadora Sinielza Pessoa (PSD), que é irmã do deputado e agora faz parte do grupo oposicionista à gestão tucana, em Arapiraca, procurou o Ministério Público Estadual (MPE), com um requerimento solicitando acesso às denúncias feitas, no último mês de abril, pelo consultor de empresas Luiz Augusto Lôbo.

No requerimento, a vereadora Sinielza Pessoa quer acesso aos autos do inquérito que investiga um calote no valor de R$ 600 mil, por parte da Prefeitura de Arapiraca, que teria solicitado, em janeiro do ano passado, a Luiz Lôbo, uma ampla auditoria nas contas das gestões dos prefeitos Luciano Barbosa e Célia Rocha.

Ainda na denúncia feita ao Ministério Público Estadual, Luiz Lôbo apresentou um dossiê com 270 páginas para comprovar que uma empresa pertencente a um secretário municipal teria pago apenas R$ 60 mil, deixando de quitar o restante do valor pelos serviços prestados à Prefeitura de Arapiraca. Em nota, a gestão municipal disse que não formalizou nenhum tipo de contrato com Luiz Lôbo, e que o auditor teria feito a auditoria por conta própria.

Por conta disso, a vereadora Sinielza Pessoa, que é suplente e assumiu o cargo em janeiro do ano passado, com o pedido de licença de Aurélia Fernandes (PSB) para  comandar a Secretaria de Saúde de Arapiraca, decidiu acionar o Ministério Público Estadual, antevendo a volta da vereadora titular a qualquer momento. No requerimento apresentado ao MP, Sinielza Pessoa solicitou acesso aos autos do inquérito e cópias de todos os documentos apresentados pelo consultor Luiz Lôbo contra a gestão municipal.

Agora no grupo de oposição, Sinielza Pessoa está com os dias contados na Câmara de Vereadores, uma vez que a base de apoio a Rogério Teófilo já articula o retorno de Aurélia Fernandes, para evitar o crescimento do grupo contrário no Poder Legislativo local. Na noite desta quinta-feira (24), está prevista para ocorrer a sessão na Câmara de Vereadores de Arapiraca. O rompimentos entre os dois grupos políticos e a denúncia de calote com investigação do Ministério Público serão, mais uma vez, a pauta central dos debates.

Fonte: Tribuna Independente / Davi Salsa

Comentários

MAIS NO TH