Política

24 de agosto de 2017 09:30

Em Maceió, admiradores tentam registros com ex-presidente Lula

População ficou próximo do Clube Fênix Alagoana para falar com Lula

Finalizada as visitas do ex-presidente Lula nos municípios de Penedo, na última terça-feira (22) e em Arapiraca, na manhã de desta quarta-feira (23), o petista foi recepcionado em Maceió por diversos admiradores que estavam à sua espera na porta do Clube Fênix Alagoana.

Muitas pessoas deixaram as suas residências, inclusive localizadas no interior do Estado, para tentar uma foto ou até mesmo um aceno do ex-presidente da República. Foi o caso do professor de Sociologia e Literatura de uma escola pública de União dos Palmares, João Nunes Alves, de 29 anos. Para a reportagem da Tribuna Independente, ele falou da emoção de poder ver de perto o que para ele “foi o maior presidente da história deste país”.

“Venho de União dos Palmares, terra de Zumbi, terra de guerreiros e da liberdade, recepcionar esse grande presidente. O Lula representa a luta do povo, a luta do trabalhador. O Lula presidente de novo é a volta da esperança para nós. Nós acreditamos muito nisso porque ele não precisa provar que vai ser um bom presidente. Eu, enquanto professor, como estudante, identifico Lula em minhas pesquisas como o maior presidente da história deste país. Lula irá fazer o Brasil brilhar novamente e precisamos dele”.

O relações públicas Vicente Oliveira, de 30 anos, foi acompanhando a caravana de Lula desde quando o ex-presidente desembarcou em Alagoas. Segundo ele, o petista precisa voltar à presidência da República para que o povo tenha seus direitos resgatados.

“Fui em Penedo e em Arapiraca. Acho que é um compromisso nosso defender que o Lula possa ser candidato de novo. Ele permite que a gente resgate a esperança que foi perdida através do golpe na presidenta Dilma. Ele traz a esperança de termos novamente nossos diretos. Lula representa essa esperança e por isso que temos que estar do lado dele, fortalecendo o movimento para impedir que o golpe seja concretizado e ele seja impedido de ser presidente do Brasil novamente”, declarou.

CONTRA LULA

Marcada inicialmente para às 18h no estacionamento do Jaraguá, a concentração da manifestação contra o ex-presidente Lula, organizada pelo Movimento Brasil sofreu um atraso devido ao congestionamento. A informação foi repassada à Tribuna por integrantes do movimento.

Fonte: Tribuna Independente

Comentários