Política

21 de maio de 2017 12:44

Vereadores querem nomes de “servidores fantasmas” na Prefeitura de Arapiraca

Prefeito Rogério Teófilo (PSDB) disse que vai realizar um recadastramento

A primeira sessão da Câmara de Arapiraca, nesta terça-feira (23), promete ser bastante movimentada e cheia de debates.

A denúncia de que existem mais de dois mil servidores fantasmas, no Centro Administrativo Municipal, já mobiliza os vereadores, que cobram do prefeito Rogério Teófilo mais esclarecimentos acerca do fato.

Em resposta ao jornalista e blogueiro Odilon Rios, o prefeito chegou admitir que (sic) no prédio não cabe tanta gente assim.

Ainda na resposta, Teófilo avisou que vai realizar um censo para verificar quem cumpre expediente na prefeitura e quem não aparece na gestão municipal, incluindo empresários, advogados, médicos, ainda segundo a denúncia.

A maior curiosidade dos vereadores de Arapiraca é saber os nomes dos servidores, e se os mesmos são do quadro efetivo, uma vez que Teófilo exonerou todos os comissionados e contratados da gestão passada. 

Procurado pela reportagem do Portal Tribuna Hoje, o vereador Fábio Henrique (PC do B), que está em seu primeiro mandato na Câmara de Arapiraca, revela que ficou sabendo da denúncia pela imprensa.

“Primeiramente, vamos acompanhar todos os fatos e, se for necessário, fazermos algum pronunciamento e cobramos mais esclarecimentos do poder público, sempre na defesa dos interesses da população de Arapiraca”, declara.  

Por sua vez, o vereador Fabiano Leão (PMDB) defende uma ampla investigação para a denúncia, afirmando que o prefeito Rogério Teófilo tem o dever de esclarecer toda a denúncia.

“É preciso saber quem colocou essas pessoas lá. O prefeito tem que mostrar quem são esses fantasmas. Ele tem que mostrar”, completou Fabiano Leão.

Comentários

MAIS NO TH