Política

28 de abril de 2017 20:47

Renan Filho assina ordem para restaurar a AL-105 na segunda

Trecho de 24,4 quilômetros de extensão, ligando o município de Teotônio Vilela a Coruripe, contará com a construção de uma ponte sobre o Rio Poção

O Governador de Alagoas, Renan Filho, assina nesta segunda-feira (1) a ordem de serviço para restauração asfáltica da rodovia AL-105, no trecho que liga a Usina Coruripe a Teotônio Vilela, no entroncamento com a BR-101. Serão duas solenidades, às 10h, em Teotonio Vilela, e às 15h, em Coruripe, na sede da usina.

Além da restruturação dos 24,4 quilômetros da AL-105, o projeto prevê ainda a construção de uma ponte de 80 metros sobre o Rio Poção, ligando os municípios de Coruripe e Teotônio Vilela. A previsão de término para o serviço é de até 180 dias, a depender das condições climáticas.  A obra será realizada por meio da Secretaria de Transporte e Desenvolvimento Urbano (Setrand) e do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-AL).

Ao ser concluída, a obra trará mais segurança para os colonos da usina e moradores da região. A recuperação do asfalto também facilitará o escoamento de toda a produção agrícola para o agreste do Estado, como afirma o superintendente de operações do DER-AL, Iran Menezes.

“É mais uma importante obra do governo Renan Filho, de restauração de quase 25 quilômetros de um trecho muito importante para a economia alagoana e com a construção da ponte, vai trazer mais facilidade de deslocamento para toda a população da região”, destacou o superintendente.

Os serviços de recuperação asfáltica fazem parte do programa Pró-Estrada, que reestrutura e recupera a malha viária estadual, além de promover melhoramentos em trechos urbanos em municípios alagoanos, assegurando mais mobilidade e segurança à população, incentivando o desenvolvimento econômico e social do Estado. Com menos de um ano em execução, o Pró-Estrada é peça fundamental na construção de uma nova Alagoas, já beneficiando mais de 30 municípios alagoanos, com serviços em andamento em todo o Estado.

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH