Política

10 de abril de 2017 15:55

Sinteal obtém apoio de deputados federais contra a reforma previdenciária

Parlamentares assinaram documento e devem votar também contra reforma trabalhista

Em reunião articulada pelo Sinteal na manhã desta segunda-feira (10), onde toda a bancada federal de Alagoas (deputados e senadores) foi convidada, em um hotel na orla marítima de Maceió, Consuelo Correia e Girlene Lázaro dialogaram com quatro parlamentares sobre as medidas contra a classe trabalhadora que estão em pauta no Congresso Nacional. Durante a reunião foram entregues documentos de compromisso com população, de que votarão contra a Reforma da Previdência e a Reforma Trabalhista.

O deputado Ronaldo Lessa, que havia se comprometido de fazer o contato com toda a bancada, informou que, além dos que estavam presentes (Paulão, Rosinha da Adefal, Givaldo Carimbão e o próprio Lessa), o único que havia respondido ao convite foi o deputado Pedro Vilela, informando que não iria. Todos os senadores, e os outros quatro deputados federais, sequer justificaram suas ausências.

(Foto: Assessoria / Sinteal)

Durante a reunião, a presidenta do Sinteal e a dirigente da CNTE falaram sobre os prejuízos que as reformas trarão para a sociedade brasileira de uma forma geral, e entregaram os documentos aos deputados e a deputada, que o assinaram prontamente assumindo o compromisso com a classe trabalhadora nestas pautas. “Vocês já imaginaram uma professora com 75 anos em sala de aula? O país vai afundar na miséria. É um absurdo isso que está acontecendo”, disse Consuelo.

(Foto: Assessoria / Sinteal)

Todos os parlamentares presentes já haviam declarado posicionamento contrário às reformas, mas reafirmaram o compromisso e assinaram os documentos. Sobre os ausentes, as sindicalistas prometeram continuar tentando o contato. “Lamentamos a ausência desses representantes, mas vamos buscar o diálogo, insistir para que eles possam nos receber, já que se trata de uma pauta tão importante à população, e eles provavelmente terão interesse em dialogar com representantes das categorias”, explicou Girlene.

Na ocasião, também participaram representantes do Sindicato dos Correios, que além de reforçar as mesmas pautas que o Sinteal, pediu ajuda aos parlamentares contra o desmonte dos correios. Demissões em massa, suspensão das férias de toda a categoria, estão entre as medidas da empresa, seguindo orientação do Governo Federal.

Também participou da reunião, o delegado Robervaldo Davino, que recentemente assumiu a presidência da Associação dos Delegados de Polícia de Alagoas (Adepol-AL).

Fonte: Assessoria / Sinteal

Comentários

MAIS NO TH