Política

5 de abril de 2017 18:49

Vereador faz apelo para ITA não fechar as portas em Arapiraca

Instituto Psiquiátrico passa por momentos de dificuldades financeiras

O vereador Melquisedec Oliveira (PRB) citou o pedido da vereadora Gilvânia Barros (PMDB) para que o prefeito de Arapiraca, Rogério Teófilo (PSDB), e o governador Renan Filho (PMDB), em parceria construam um hospital público no município, também defendeu a união da sociedade local para evitar que aconteça com os demais hospitais o mesmo que ocorreu com Hospital Santa Maria.

Por conta de dívidas financeiras e trabalhistas, o hospital que salvou tantas vidas, fechou suas portas há vários anos.

Melquisedec Oliveira lamentou que, por causa de brigas políticas, aquela unidade hospitalar tenha fechado suas portas, penalizando não apenas a população de Arapiraca, mas de toda a Região Agreste.

O vereador chamou a atenção da sociedade local para que o Instituto Teodora Albuquerque (ITA), que atende pacientes com transtornos mentais, também não venha a encerrar suas atividades, a exemplo do que ocorreu com o Hospital Santa Maria.

Ele falou que o Hospital Regional de Arapiraca, hoje é um referência em saúde, atendendo não apenas o povo arapiraquense, mas de toda a Região do Agreste e até de outros estados.

Segurança

Ainda durante a sessão da noite desta terça-feira, Melquisedec Oliveira também levantou uma questão que tem preocupado toda a sociedade brasileira, que é a  violência, que tem tirado a vida de pessoas inocentes, como foi o caso de uma estudante que morreu dentro da escola no Rio de Janeiro, ao ser atingida por balas perdidas durante confronto entre traficantes e policiais.

Segundo Melquisedec, o mais triste em tudo isso é que, segundo ele, a imprensa sensacionalista tenta deturpar a imagem da polícia no combate à violência.

Ele disse que é preferível que mil bandidos morram, do que um policial, pois estes são os verdadeiros amigos da sociedade.

 

Comentários

MAIS NO TH