Política

2 de janeiro de 2017 10:52

Tribunal de Justiça economiza R$ 204 mil com repactuação de contratos

Subdireção e membros da Comissão de Assessoramento ao Orçamento do Poder Judiciário revisaram contratos de aluguéis, compra de produtos e serviços

O Poder Judiciário de Alagoas repactuou 11 contratos administrativos, ao longo de 2016. Com isso, a administração conseguiu reduzir em R$ 204 mil o valor geral dos contratos firmados, liberando, desta forma, recursos para outras áreas com maior necessidade.

A Subdireção do TJ/AL e os membros da Comissão de Assessoramento ao Orçamento do Poder Judiciário, presidida pelo juiz Maurílio Ferraz, por determinação do presidente João Luiz Azevedo Lessa, atuaram para repactuar contratos referentes a aluguéis, serviços e compras de produtos.

“Todo o esforço teve por finalidade adequar a situação dos contratos à nova realidade orçamentária do Judiciário de Alagoas. Estamos empenhados em fazer os ajustes necessários em todos os setores”, explicou o desembargador João Luiz Lessa.

De acordo com o subdiretor Walter Santos, a repactuação dos contratos não altera a qualidade e a efetividade dos serviços prestados pela Justiça de Alagoas. “Temos que pensar na economia, sem que o Tribunal, fornecedores e, principalmente, o jurisdicionado, saiam prejudicados desse processo”, ressaltou.

 

Fonte: Ascom/TJAL

Comentários

MAIS NO TH