Política

10 de novembro de 2016 15:13

Prefeita Ester é obrigada a reintegrar servidores demitidos

Gestora terá de pagar multa de R$ 50 mil no caso de não acatar a decisão da Justiça

O juiz da 42ª Zona Eleitoral Alfredo Mesquita acionou a prefeita de Olho d'Água das Flores, Ester Damasceno (PMDB) para reintegrar os servidores públicos contratos que foram demitidos de seus cargos após o resultado da eleição.

Ester Damasceno não concorreu à reeleição e decidiu apoiar o advogado e vereador Zé Luiz (PP), que perdeu a disputa para Nen de Humberto (PR), que já foi prefeito de Olho d'Água das Flores.

A eleição foi apertada no município. Nem de Humberto venceu com 48,90% dos votos válidos, e Zé Luiz obteve 48,75% dos votos.

De acordo com a sentença do magistrado, a gestora terá de pagar multa no valor de R$ 50 mil para cada servidor, em caso de não cumprimento da decisão da Justiça.

Além disso, o juiz Alfredo Mesquita determinou o pagamento dos salários dos servidores na mesma data em que for efetuado o pagamento dos demais servidores do município.

O magistrado, ainda em sua sentença, publicada nesta quarta-feira (9), no Diário Oficial de Alagoas, solicitou a relação de todos os servidores com contrato temporário que foram afastados de seus cargos.

Quando resolveu optar pela demissão dos servidores temporários, Ester Damasceno alegou problemas financeiros para manter os funcionários públicos na folha de pagamento da prefeitura.

Comentários

MAIS NO TH