Política

29 de outubro de 2016 10:20

Maceió decide entre Rui e Cícero Almeida

Justiça Eleitoral estima que apuração seja concluída até às 21h

A definição sobre quem será o prefeito de Maceió – Cícero Almeida (PMDB) ou Rui Palmeira (PSDB) – nos próximos quatros anos saíra até às 21h deste domingo (30). Na capital alagoana, os eleitores somam 579.962 pessoas, sendo que 5.320 estão sem biometria. Desses, a maioria é mulher (56%) e só 12,19% tem curso superior completo. São analfabetos 3,52% dos votantes e 7,24% só lê e escreve.

A faixa etária com maior número de eleitores é a que varia entre 30 e 34 anos, com 11,97%. Em seguida vem a entre 35 e 39 anos, com 11,51%. Os dados são do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Como agora cada eleitor só votará em um candidato, o tempo na urna ficará bastante reduzido. Mas engana-se que a eleição é somente instalar uma urna e votar. Só em mesários – responsáveis pela conferência do local de votação do eleitor e pela lisura do processo – serão cerca de 6 mil trabalhando neste domingo.

A logística de transporte das urnas após o horário de votação – das 8h às 17h – será feita pelos Correios e todo o pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), segundo sua assessoria de comunicação, estará de plantão no domingo.

A expectativa do Tribunal é de tranquilidade neste 2º turno em Maceió.

Os candidatos Cícero Alos votos válidos. O resultado não leva em consideração a porcentagem do eleitorado que opta por votar nulo ou branco. Segundo a amostra, Rui Palmeira tem 64%, enquanto que Cícero Almeida está meida e Rui Palmeira votam no período da manhã. O peemedebista chegará a sua se- ção eleitoral, no Iate Clube Pajuçara, às 8h. Já o tucano chegará ao Centro Comunitário Piabas, no Jacintinho, às 10h.

A abstenção no primeiro com 36%. Desta forma, Rui caminha a passos largos para mais um mandato em Maceió. Após a divulgação da pesquisa, os candidatos do PSDB e do PMDB seguem com as suas campanhas até turno, realizado em 2 de outubro, foi quase o dobro em relação à eleição de 2012. Com o feriado da última sexta-feira (28) para os servidores públicos, a expectativa é que ela aumente ainda mais, mas sem influenciar no resultado das urnas.

Comentários

MAIS NO TH