Polícia

4 de dezembro de 2021 11:03

Recém-nascido de 34 dias é encontrado morto e pais são detidos suspeitos de homicídio

O caso aconteceu na madrugada deste sábado na cidade de Maragogi

↑ Foto: Arquivo

Um jovem de 20 anos e uma adolescente de 15 anos, foram detidos na manhã destes sábado suspeitos de homicídio contra um recém-nascido do sexo masculino de 34 dias, que foi encontrado morto com marcas de violência pelo corpo, na cidade de Maragogi, Litoral Norte de Alagoas.

Os jovens seriam os pais do bebê. Eles foram encaminhados para a delegacia de Matriz de Camaragibe.

O delegado Rubens Cerqueira, responsável pelo caso conta que o corpo do bebê estava com diversos hematomas e arranhões, o que chamou a atenção da equipe do Serviço de Verificação de Óbitos (SVO).

“O recém-nascido morreu em Maragogi, mas foi encminhado para Maceió e o SVO constatou que não foi morte natural, tinha acontecido um homicídio. Por isso, a polícia foi acionada e o corpo retornou para a UPA de Maragogi, local onde a mãe tinha levado ele já sem vida”, conta o delegado.

O delegado esclarece ainda que o casal fugiu e foi capturado na cidade de Tamandaré, em Pernambuco. “Os suspeitos contaram uma história confusa. Alegaram que o tio do bebê que teria ficado responsável da liberação do corpo e por isso foram para Tamandaré, porque o menino seria sepultado por lá. O que levanta suspeita, pois essa viagem aconteceu só após a polícia ser acionada’’, conta Cerqueira acrescentado que souberam disso quando foram fazer investigação na casa de parentes dos pais da criança.

A mãe do bebê, uma adolescente de 15 anos, afirma não saber a causa da morte  e acredita que ele pode ter se machucado após um acidente de trânsito, que teria  envolvido motocicleta e cavalo, mas não sustentou e entrou em contradição em seguida.

“Teve uma queda de moto. mas eu achava que rapaz que pilotava não estava bêbado, porém no caminho bateu contra um cavalo. O bebê  não chegou a bater no chão, a enfermeira disse que ele pode ter levado uma batida e que eu não vi”, fala a jovem.

A mãe do bebê diz ainda que quando a moto caiu, ela não lembra o que fez, apenas que estava com a criança no colo e em pé, quem teria caído era o rapaz da moto.

“Ela acrescentou que o menino ficou roxo ontem, e teria visto quando acordou. A adolescente falou que acordava quando ele dormia para observar se ele respirava e quando olhou ele estava cheio de sangue e ela balançou para acordar, chamou, mas ele não acordava’’, relata o delegado.

O rapaz segue preso, já a adolescente foi apreendida para uma unidade policial. Um inquérito vai ser aberto para investigar o crime de homicídio.

Fonte: da redação com agências de notícias

Comentários

MAIS NO TH