Polícia

30 de novembro de 2021 16:10

Em ações distintas, 3º e 6º Batalhões da PM apreendem drogas e recuperam veículo furtado

Já em Palmeira dos Índios, 10º BPM deflagram operação em áreas de maior incidência de crimes

↑ Material apreendido pelo 6º BPM, em Maragogi (Foto: Ascom PMAL)

Na manhã de segunda-feira (29), militares do 6° Batalhão de Polícia Militar (BPM) flagraram um caso de Tráfico de drogas no Alto da Boa Vista, em Maragogi. Na ocorrência, foram apreendidas 51 bombinhas de maconha e dois celulares. Um menor, com 15 anos de idade, foi apreendido e uma mulher, de 22 anos foi presa.

A guarnição de Rocam estava em patrulhamento pela região quando observou dois indivíduos saindo de um beco. Ao notarem a presença policial, eles tentaram se desfazer de um material e  foragir. Eles foram alcançados e abordados. Constatou-se que o pacote que eles haviam abandonado continha maconha separada em pequenas quantidades e um aparelho celular. Os dois envolvidos foram conduzidos à Delegacia de Polícia em Matriz do Camaragibe com o apoio da equipe de RP.

Na condução se fez necessário, inicialmente, o uso da algema em ambos, devido à resistência à ação policial e eminente risco de fuga. Como um dos envolvidos era menor, foi solicitado que sua mãe acompanhasse a equipe até à delegacia. Na delegacia, foi confeccionado o Auto de Prisão em Flagrante de ambos, onde a suspeita ficou detida e o menor foi liberado aos cuidados da família.

3° BPM

Também na segunda-feira, desta feita em Arapiraca, a guarnição RP 02 do 3º BPM atuou numa ocorrência que resultou na recuperação de um veículo e contou com apoio das equipes RP 01, Pelopes 02 e da aeronave Falcão 04, do Grupamento Aéreo da Segurança Pública. O caso ocorreu por volta de 12h30, na localidade próxima ao antigo matadouro, em Padre Antônio Lima, Arapiraca. Uma motocicleta Honda NXR 150 Bros foi encontrada.

A guarnição de RP 02 foi acionada via Copom para atender uma ocorrência. Um cidadão informou que sua motocicleta tinha acabado de ser furtada. O veículo estava sendo rasteando em tempo real. Com apoio por terra e por ar, os militares se deslocaram até o ponto indicado pelo GPS. Após buscas, a motocicleta foi avistada pela equipe da aeronave, dentro de uma área de difícil acesso. A motocicleta foi conduzida até a Central de Polícia onde foi confeccionado o Auto de Apresentação e Apreensão e em seguida foi devolvida ao proprietário.

10º BPM

Militares do 10º BPM deflagraram a Operação Kuatiá entre os dias 26 a 28 de novembro. Os trabalhos consistiram em ações de patrulhamento e saturação nas áreas de maior incidência de crimes, bem como dar cumprimento aos eventuais mandados de prisão expedidos pela justiça nos municípios abrangidos pelo batalhão, sediado em Palmeira dos Índios.

A palavra Kuatiá, de origem indígena, significa “caça”. O nome foi escolhido para referenciar uma operação que tem por objetivo prevenir ocorrências e infrações penais, crimes contra o patrimônio e os crimes violentos letais intencionais através de patrulhamento ostensivo e preventivo orientado por dados estatísticos voltados para a manutenção da ordem pública.

(Foto: Ascom PMAL)

Fonte: Ascom PMAL

Comentários

MAIS NO TH