Polícia

18 de outubro de 2021 17:56

Acusado de matar a madrasta vai a júri nesta terça (19), no Fórum da Capital

Laudo psiquiátrico aponta que o réu Alex de Lima Nascimento sofre de esquizofrenia; sessão terá início às 8h

↑ 3º Tribunal do Júri (Foto: Caio Loureiro / Dicom do Tribunal de Justiça de Alagoas)

A 9ª Vara Criminal de Maceió leva a júri popular, nesta terça-feira (19), o réu Alex de Lima Nascimento, acusado de matar a madrasta, Maria Lúcia Dias de Oliveira Nascimento, em 2016. A sessão terá início às 8h e será realizada no Fórum do Barro Duro.

O crime ocorreu no dia 30 de agosto, por volta das 18h40, no Conjunto Graciliano Ramos, bairro Cidade Universitária, na Capital. De acordo com os autos, o acusado atingiu a madrasta com golpes de faca pelas costas, dentro da residência dela. O crime foi presenciado pela filha da vítima, menor de idade na época.

Laudo pericial psiquiátrico aponta que Alex Nascimento, de 30 anos, sofre de esquizofrenia. Ao ser interrogado, ele disse que a madrasta portava uma faca e que tentou matá-lo, razão pela qual reagiu. Disse ainda que a vítima o havia internado várias vezes e que chegou a colocar veneno na comida dele.

O réu foi pronunciado em novembro de 2018 e será julgado por homicídio, com as qualificadoras de feminicídio, motivo fútil e mediante recurso que impossibilitou a defesa da vítima. O julgamento será conduzido pelo juiz Geraldo Cavalcante Amorim, no salão do 3º Tribunal do Júri.

Fonte: Dicom TJ/AL

Comentários

MAIS NO TH