Polícia

27 de julho de 2021 19:03

Segurança Pública ganha novos 65 policiais militares

Cerimônia de Formatura aconteceu na tarde desta terça-feira (27) com a presença do secretário de Segurança Pública, Alfredo Gaspar

↑ Cerimônia de formatura aconteceu na tarde desta terça (27) (Foto: Edilson Omena)

Nesta terça-feira (27), 65 novos policiais militares tomou posse do cargo em uma cerimônia de formatura com a presença do Secretário de Segurança Pública, Alfredo Gaspar, que representou o Governador Renan Filho, na solenidade que aconteceu às 15h na Academia de Polícia Militar, no bairro do Trapiche da Barra, em Maceió.

Na ocasião, Gaspar falou sobre a inauguração de mais três Centros Integrado de Segurança Pública (Cisp) que ficarão na cidade de Rio Largo (pronto),  Novo Lino e em Porto de Pedras. A primeira inauguração acontecerá em Novo Lino.

Além disso, o secretário de segurança pública antecipou que assinou a construção de mais 30 centros integrados hoje (27), e a licitação de mais cinco centros do tipo 2. “O governador Renan Filho, estará anunciando em breve, um grande investimento na segurança pública’’.

Alfredo Gaspar, secretário de segurança Pública (Foto: Edilson Omena)

FORMAÇÃO

Dos 65 novos praças, 15 são do sexo feminino. Eles permanecerão em Maceió por um mês e em seguida deverão ser distribuídos para as companhias, conforme a demanda do estado e após análise do coronel Bittencourt, que estava ao lado do secretário durante a cerimônia.

Conforme o habitual, a solenidade contou com a presença da banda da Polícia Militar.

AVANÇOS NA SEGURANÇA

Gaspar lembrou os avanços conquistados nos últimos anos na segurança pública em Alagoas e disse que a meta é avançar ainda mais.

“Saímos dos primeiros lugares nesses rankings perversos de violência para darmos o exemplo às outras cidades, capitais e estados. Um fruto disso são os investimentos, tanto em estrutura física, quanto em material humano, que é fundamental”, pontuou o secretário.

Em relação aos concursos, o secretário disse que novo edital deve ser anunciado até dezembro deste ano e pontuou que os concursos em Alagoas são sérios e não entra nenhum candidato por apadrinhamento. “É a competência de cada um, e para entrar depende do desempenho pessoal. Uma dica é, não queira fazer o concurso, sobretudo da segurança pública como da Polícia Militar pensando apenas no salário, obvio que no fim do mês terá o dinheiro na conta, mas faça sabendo que vai trabalhar pesado e defender a população com a própria vida”.

Ainda na solenidade, o secretário de segurança lembrou casos solucionados com a participação da Polícia Militar e ressaltou que o caso Maria Eduarda, que continua desaparecida desde dia 22, está sendo investigado e a segurança trata como desaparecida. “Não acreditamos que ela esteja morta, essa por enquanto não é a linha de investigação, o caso segue em investigação’’.

Foto: Edilson Omena

Fonte: Tribuna Hoje / Lucas França

Comentários

MAIS NO TH