Polícia

10 de maio de 2021 12:48

Governo e Segurança Pública divulgam balanço dos últimos quatro meses

Queda de Crimes Violentos Letais Intencionais foi de 19,4%

↑ Governador Renan Filho destacou saldo positivo com reduções expressivas de violência (Fotos: Edilson Omena)

O governador de Alagoas, Renan Filho, e o secretário da Segurança Pública, Alfredo Gaspar, apresentaram na manhã desta segunda-feira (10), os números da segurança nos quatro primeiros meses do ano. O saldo com reduções expressivas de violência no transporte coletivo urbano, roubos de veículos, e crimes violentos letais intencionais foi destacado dentro do estado.

Os crimes de homicídio doloso, lesão corporal seguida de morte e roubo com resultado morte, os chamados CVLI (Crimes Violentos Letais Intencionais) reduziram 19,4% em comparação com o mesmo período (janeiro a abril do ano de 2020), queda de 35,5% de roubos de veículos no estado; 42,9% dos roubos caíram em transporte coletivo urbano em Alagoas.

Mais de 430% de drogas foram apreendidas a mais que de janeiro a abril deste ano, sendo em maior quantidade maconha, seguido de cocaína. 29,9% de armas apreendidas também superiores ao mesmo período de 2020.

“O dado é muito significativo para o governo, somos campeões de redução de violência no sexto ano de governo, antes não se tinha essa reação. Há três meses estamos bem abaixo do que era. O governo foi eleito em 2014 para exatamente reduzir os números da violência de Alagoas, e hoje digo que o estado saiu do noticiários nacionais de violência no país”, destacou o governador Renan Filho.

Governador Renan Filho apresentou números da violência de janeiro a abril de 2021 (Foto: Edilson Omena)

Ele salientou que a criação dos Centros Integrados de Segurança Pública (Cisps), bem como o Programa Ronda no Bairro garantiram mais segurança para a população alagoana. Renan Filho afirmou que ambos serão ampliados tanto na capital quanto no interior do estado. “Serão implantadas mais Ronda no Bairro no Benedito Bentes e Tabuleiro do Martins, além de outros Cisps em Arapiraca e Rio Largo. Iremos ampliar também a Força-Tarefa e abrindo mais vagas no Sistema Prisional”, avisou.

Para o secretário de Segurança Pública, Alfredo Gaspar, a queda nos números de violência em Alagoas não se deu em um passe de mágica, mas com muita determinação e competência do Governo do Estado.

Alfredo Gaspar: “Ser duro quando precisou ser duro com a criminalidade”

“Quero agradecer a cada profissional que tem dedicado sua vida em defesa da segurança pública de Alagoas. O estado passou mais de duas décadas em crescente derramamento de sangue, o que o tornou um dos mais violentos do Brasil, assim como Maceió. Hoje a realidade é outra, fez a diferença em ser duro quando precisou ser duro com a criminalidade, é austero e não compactua com injustiças, para isso usou toda a determinação para mudar o rumo das coisas”, observou Gaspar.

O vereador Kelmann Vieira, que assumiu a Secretaria de Estado de Prevenção à Violência (Seprev), ressaltou que como delegado de polícia, quando entrou em 2014, percebeu o sucateamento da Polícia Civil do estado, e por sua experiência elogiou Renan Filho pelo trabalho executado ao longo dos anos no comando do governo.

“Como delegado de polícia passei por muitas delegacias e vi o desemparelhamento total, hoje me enche de orgulho ver como estes locais estão, resgatou a autoestima dos profissionais da segurança pública, nenhum governo tratou a segurança como investimento. Parabenizo e agradeço a oportunidade de assumir a Seprev, forte aliada na articulação e promoção de ações que permitem a cultura de paz e não violência em Alagoas”, disse.

CONCURSOS

O governador Renan Filho também reforçou a realização de concursos públicos para a segurança pública de Alagoas. Ele frisou que na próxima segunda-feira (17) serão convocados 800 homens para a Polícia Militar, bem como concurso para mais mil PMs.

Anunciou ainda concursos para Polícia Civil, Perícia Criminal e Penal.

Dados são observados por representantes da segurança pública do estado

O balanço foi transmitido on-line pelos canais oficiais do Governo de Alagoas no Facebook (Governo de Alagoas) e Instagram (@governodealagoas).

Fonte: Tribuna Hoje / Ana Paula Omena

Comentários

MAIS NO TH