Polícia

18 de janeiro de 2021 14:43

Policial civil é morto depois de tiroteio na praia do Riacho Doce

Era por volta das 18 horas deste domingo,17, quando um tiroteio dentro de um coqueiral de um terreno à beira mar, na praia do Riacho Doce, interrompeu o intenso trânsito da volta da praia. Um homem armado, que depois seria identificado como sendo policial civil, caminhava pela praia dando tiros na areia até se refugiar no terreno, bem ao lado no Centro de Recuperação de Dependentes Químicos Maanaim, continuando a atirar para o alto.

Foi neste momento, que um policial militar, que mora nas proximidades, não sabendo de quem se tratava, ordenou que baixasse a arma. Não obedecendo à ordem, teve início o tiroteio. As primeiras informações confirmaram que a vítima fatal, identificada como Jorge Vicente Ferreira Junior, era lotado na Delegacia-Geral de Polícia Civil. Na troca de tiros que resultou na morte do policial civil, o militar também foi baleado. Foi a partir desse momento que chegaram 4 viaturas da Força Tarefa.

Por volta das 22 horas, o Secretário de Segurança Pública, Alfredo Gaspar, acompanhado do delegado geral da Polícia Civil, Paulo Cerqueira estiveram no local conversando com os militares presentes na ação e com moradores.

O Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol) confirmou o falecimento do policial civil e afirmou que pedirá a elucidação da morte ao delegado-geral. “O Sindpol quer o que o Delegado Geral, Paulo Cerqueira, apure os fatos e seja feita investigação de forma imparcial”, informou o sindicato, por meio de nota.

Nota de pesar

É com pesar que o Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol) informa o falecimento do policial civil Jorge Vicente Ferreira Junior, neste domingo (17.)

Na manhã desta segunda-feira, a Secretaria de Segurança Pública de Alagoas se manifestou, por meio de nota, sobre o tiroteio que vitimou o policial civil Jorge Vicente.Em nota, a SSP lamentou a morte do policial e afirmou que confia no esclarecimento dos fatos. O comunicado não dá detalhes de como se deu a ocorrência. “Mais informações acerca do caso serão repassadas após a conclusão do inquérito policial”, traz trecho do comunicado.

Fonte: Claudio Bulgarelli-Sucursal Região Norte

Comentários

MAIS NO TH