Polícia

3 de dezembro de 2020 16:29

Ações distintas da PM resultam em prisões por tráfico, estupro de vulnerável e embriaguez

Prisões aconteceram na capital alagoana e no interior

↑ Drogas apreendidas pelo BOPE na Ponta Verde (Foto: Ascom PMAL)

Nessa quarta-feira (02), equipes do BOPE e 4º BPM registraram prisões por tráfico, estupro de vulnerável e embriaguez ao volante na capital alagoana.

Na Ponta Verde, equipes do BOPE estavam em patrulhamento quando receberam uma denúncia anônima de que umindivíduo, em um Ford Fiesta prata, estava traficando drogas na região. Durante diligências, as guarnições se depararam com um veículo com as mesmas características da denúncia e durante a abordagem ao indivíduo e veículo encontraram no carro um material ilícito, tipo cocaína.

Indagado pelos policiais se haveria mais droga, o mesmo confessou ter mais em sua residência, e no local, após busca autorizada, foram apreendidos 2,563 quilos de cocaína; a quantia em dinheiro de R$ 302,00; um Notebook Samsungbranco, e uma balança de precisão. O indivíduo foi conduzido para a Central de Flagrantes, para adoção das medidas cabíveis.

No Tabuleiro, a Solo 1, do 4° BPM, foi acionado pelo COPOM para atender uma ocorrência de um suposto estupro. No local, a mãe da vítima relatou que o autor havia tirado a roupa dele e a dela e feito gestos obscenos e tocado a menina. As partes envolvidas foram conduzidas para a Central de Flagrantes  onde o acusado foi autuado por estupro de vulnerável.

Já no bairro Petrópolis, a FT 15 do 4º BPM foi acionada pelo Copom para verificar uma queixa de uma moto roubada e constataram o fato. O jovem alegou ter comprado a moto pelo Facebook em 2019, porém não apresentou a documentação da compra. O suspeito e a moto foram levados para a Central de Flagrantes para os procedimentos cabíveis.

Em Junqueiro, a equipe do CISP, pertencente ao 3º BPM,  foi informada que havia um cidadão embriagado praticando manobras perigosas no centro da cidade. Ao chegar no localfoi verificado que o cidadão estava embriagado e resistiu a ordem da guarnição, desacatando e ameaçando os policiais. O mesmo foi levado para a PRF para verificar o nível de embriaguez, porém se recusou a fazer o teste do bafômetro, e em seguida levado até a delegacia de São Miguel para ser feito o auto de prisão em flagrante.

Fonte: Ascom PMAL

Comentários

MAIS NO TH