Polícia

1 de dezembro de 2020 08:16

Ex-vereador de Maceió é preso por embriaguez ao volante e tentativa de suborno

Paulo Corintho é filho do ex-prefeito de Maceió – e candidato à Prefeitura este ano – Corintho Campelo

↑ Paulo Corintho (Foto: Reprodução)

O ex-vereador de Maceió, Paulo Corintho, foi preso na madrugada deste terça-feira (1º) por embriaguez, direção perigosa e tentativa de suborno.

Após ser flagrado consumindo bebida alcoólica num posto de gasolina, o ex-parlamentar tentou fugir até sua residência, mas não conseguiu entrar em seu prédio. Após se negar a fazer o teste do bafômetro, ele foi conduzido até a Central de Flagrantes.  No caminho, ele tentou subornar a equipe do Bptran em mais de R$ 5.000,00 em espécie.

Segundo informações do Comando de Policiamento da Capital, a guarnição patrulhava no bairro de Jatiúca quando parou no posto de combustíveis e viram o veículo Jeep Compass, de cor branca e placa QLI-3002, de Paulo Corintho que, ao perceber a guarnição do Bptran, arrancou o carro bruscamente.

Os policiais o seguiram e impediram que ele entrasse em seu edifício, no bairro de Jatiúca. Paulo Corintho foi abordado, e, segundo o Bptran, apresentava sinais visíveis de embriaguez. Ao se recusar a fazer o teste do etilômetro, lhe foi voz de prisão por embriaguez ao volante. Daí, o ex-vereador puxou um maço de dinheiro do bolso, cuja quantia era de R$5.244,00. “Vamos resolver por aqui?”, propôs Paulo Corintho.

Ele foi encaminhado à Central de Flagrantes e preso por corrupção ativa e embriaguez ao volante. O ex-parlamentar possui histórico de ocorrências, e já foi acusado por morte no trânsito em um acidente provocado por ele.

Paulo Corintho é filho do ex-prefeito de Maceió – e candidato à Prefeitura este ano – Corintho Campelo.

Fonte: Redação

Comentários

MAIS NO TH