Polícia

30 de novembro de 2020 17:06

PRF recupera dois veículos em Alagoas

As ocorrências foram nas BRs 101 e 104

↑ Foto: Ascom PRF/AL

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Alagoas, recuperou, durante este final de semana, dois veículos com registros de roubo/furto. Os casos aconteceram nas BRs 101 e 104.

A primeira ocorrência se deu na sexta-feira (27), no km 77 da BR 101, em Rio Largo/AL. Os policiais rodoviários federais faziam uma fiscalização no trecho da rodovia quando, no fim da tarde, abordaram um veículo Toyota/Corola, com dois ocupantes.

O motorista apresentou a documentação pessoal e veicular solicitada pela equipe e após consultas foi constatado um registro de roubo/furto para o veículo.

Ao ser questionado, o condutor alegou que comprou o carro em uma concessionária de Maceió/AL e que desconhecia qualquer irregularidade.

Diante dos fatos, o motorista e o passageiro do Corolla foram encaminhados à Central de Flagrantes em Maceió para prestarem maiores esclarecimentos. O veículo também foi entregue à polícia judiciária.

Já no sábado (28), por volta das 20 horas, PRFs foram acionados para atender um acidente de trânsito no km 18 da BR 104, município de União dos Palmares/AL.

Ao chegarem no local, o condutor já estava sendo levado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) para o hospital, enquanto que a motocicleta que ele conduzia se encontrava caída nas margens da rodovia.

Após consultarem os dados do veículo no sistema, a equipe constatou que os itens de identificação da moto não mantinham o padrão de fábrica, se tratando então de um veículo adulterado.

Após fiscalização minuciosa, os policiais constataram que aquele “duas rodas” havia sido roubado na cidade de Caruaru/PE, no ano de 2013. Diante da irregularidade constatada, a equipe seguiu para o hospital local, para fazer a prisão do condutor, mas ele não foi localizado.

Foto: PRF/AL

A motocicleta foi levada para a Delegacia de Polícia Civil de União dos Palmares/AL, onde foi registrado um Boletim de Ocorrência e o Auto de

Fonte: PRF/AL

Comentários

MAIS NO TH