Polícia

15 de outubro de 2020 18:06

Polícia Civil prende dupla acusada de homicídio em Pilar

Dois jovens são acusados de terem assassinado a pedradas na semana passada o servente Edmilson Tavares, de 46 anos

↑ Cisp de Pilar (Foto: Ascom PC/AL)

Policiais civis de Pilar prenderam, na tarde desta quinta-feira (15), dois jovens acusados de terem assassinado a pedradas, na semana passada, o servente Edmilson Tavares, de 46 anos, crime ocorrido na Chã do Pilar.

Os jovens de 21 e 22 anos de idade confessaram o crime e disseram que eram colegas da vítima. Ao serem interrogados, eles revelaram que haviam matado Edmilson Tavares devido ao fato de ele estar tirando “brincadeiras chatas” durante as bebedeiras do grupo.

“Apesar da pouca diferença de idade, o jovem de 21 anos é padrasto do rapaz de 22 anos e juntos eles se uniram para executar a vítima a pedradas. Eles passaram o dia bebendo com a vítima e, durante a madrugada, foram até o barraco da mesma e a executaram”, ressaltou o delegado do Pilar, Sidney Tenório.

Os dois acusados foram indiciados por homicídio duplamente qualificado e tiveram a prisão temporária decretada pela juíza de Pilar, Renata Malafaia, após representação da autoridade policial.

Segundo o delegado, o inquérito policial tem prazo de 30 dias para ser concluídos, tempo em que serão buscados ainda mais indícios para corroborar a confissão dos autores, que foram transferidos para a Central de Flagrantes em Maceió.

Fonte: Ascom PC/AL

Comentários

MAIS NO TH