Polícia

28 de junho de 2020 17:32

Polícia Militar flagra 33 casos de descumprimento ao Decreto Emergencial

Números da fiscalização de sábado foram divulgados neste domingo

↑ Equipe da Força Tarefa do BPTran durante fiscalização na parte alta de Maceió (Foto: Ascom PM/AL)

A Polícia Militar de Alagoas divulgou neste domingo (28) os números deste sábado (27), da fiscalização da corporação, que flagrou 33 casos de descumprimentos ao Decreto de Situação de Emergência do Governo de Alagoas em enfrentamento ao novo coronavírus (Covid-19), nas áreas do Comando de Policiamento da Capital (CPC), que abrange a Região Metropolitana de Maceió, e do 3º Batalhão de Polícia Militar (BPM), no Agreste do Estado.

O número de flagrantes foi quase igual aos casos verificados no dia anterior quando foram contabilizadas 34 ocorrências. Confira a incidência por tipos de enquadramento:

Grande Maceió:

– Sete flagrantes de funcionamento irregular do ramo de bares, restaurantes, lanchonetes e estabelecimentos congêneres;

– Um flagrante de funcionamento irregular do ramo de lojas ou estabelecimentos que pratiquem o comércio ou prestem serviços de natureza privada;

– Sete flagrantes de atividade esportiva e/ou aglomeração em área pública.

5ª CPM/I:

– Dois flagrantes de funcionamento irregular do ramo de bares, restaurantes, lanchonetes e estabelecimentos congêneres.

3º BPM (unidade responsável pelo policiamento em Arapiraca, Girau do Ponciano, Taquarana, Campo Grande, Olho D’Água Grande, Jaramataia, Junqueiro, Feira Grande, Traipu, Lagoa da Canoa, Teotônio Vilela, São Sebastião, Limoeiro de Anadia, Coité do Nóia e Craíbas):

– Nove flagrantes de funcionamento irregular do ramo de bares, restaurantes, lanchonetes e estabelecimentos congêneres;

– Três casos de funcionamento irregular do ramo de lojas ou estabelecimentos que pratiquem o comércio ou prestem serviços de natureza privada;

– Quatro casos de permanência de pessoas aglomeradas em Ruas e Logradouros públicos.

Efetivo mobilizado: 773 militares, divididos em 250 viaturas do policiamento ordinário e do Programa Força Tarefa, além das unidades distribuídas pelas demais cidades do Estado. A ação da PM contempla policiamento ostensivo, rondas nos pontos comerciais e fiscalização da restrição do transporte rodoviário intermunicipal. Nas rodovias, equipes do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) também estão atuando nas barreiras sanitárias instaladas em pontos estratégicos que ligam Alagoas a outros estados.

Serviço

A população tem cumprido um papel importante nesta luta, seja ficando em casa ou denunciando por meio dos telefones 190 e 181. A Secretaria de Estado da Segurança Pública salienta que o número 190 é indicado para situações de flagrante, como, por exemplo, um estabelecimento comercial não listado na portaria como serviço essencial e que está atendendo o público normalmente. Já o Disque-denúncia, o 181, é mais indicado para receber denúncias de ações que foram divulgadas para ocorrer, como um show.

Fonte: Ascom PM/AL

Comentários

MAIS NO TH