Polícia

15 de abril de 2020 16:57

PM segue intensificando fiscalização e registra denúncias por descumprimento de decreto

Além das denúncias registradas, sete pessoas foram presas por envolvimento em outros delitos

↑ (Foto: Ascom PM/AL)

Com um efetivo de mais de 750 policiais em 240 viaturas, a Polícia Militar de Alagoas (PMAL) conduziu mais um dia da fiscalização do Decreto de Situação de Emergência do Governo, que visa medidas de enfrentamento ao coronavírus (Covid-19), na capital alagoana e Grande Maceió. As equipes do CPC registraram, nessa terça-feira (14), 27 denúncias por descumprimento feitas ao número 190.

Além de orientar a população, os policiais militares e demais órgão envolvidos buscam fiscalizar aglomerações de pessoas em áreas comerciais, e se os estabelecimentos estão obedecendo as medidas estabelecidas no Decreto. O documento limitou o funcionamento apenas de estabelecimentos que desenvolvem atividades consideradas essenciais para a população.

Das denúncias registradas a PM verificou e constatou 22 situações de descumprimento, são elas: seis relacionadas ao funcionamento irregular de bares, restaurantes, lanchonetes e/ou estabelecimentos congêneres; duas instituições religiosas abertas; sete lojas ou estabelecimentos que praticam o comércio; três academias ou locais similares; um centro comercial; um local cultural e uma atividade de comércio no entorno de praias.

Ocorrências

Além do patrulhamento para garantia do cumprimento do decreto estadual, a PM continua desenvolvendo suas ações de ofício, que ocasionaram em 12 prisões por tráfico de drogas, tentativa de homicídio e embriaguez ao volante.

As ações foram registradas pelas equipes 1º BPM, BPRp, 5º BPM, APMSAM e 8º BPM em bairros distintos das partes alta e baixa de Maceió. Mais de três quilos de drogas foram apreendidas, além de algumas munições, e entregues, juntos aos envolvidos na Central de Flagrantes.

Fonte: Ascom PM/AL

Comentários

MAIS NO TH