Polícia

17 de outubro de 2019 21:38

Polícia Civil nomeia comissão para investigar caso do garoto Danilo

Portaria com designação deverá ser publicada no Diário Oficial do Estado nesta sexta

↑ Delegacia de Homicídios (Foto: Ascom PC/AL)

A Delegacia Geral da Polícia Civil de Alagoas está nomeando uma comissão composta por três delegados para dar sequência as investigações do caso do garoto Danilo Almeida, de 7 anos, encontrado morto no bairro do Clima Bom.

Os delegados Eduardo Mero Campos, coordenador da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Bruno Emílio, integrante da especializada, e Fábio Costa, diretor da Gerencia de Recursos Especiais (GRE), compõem a comissão responsável em apurar o caso.

A Portaria com a designação deverá ser publicada no Diário Oficial do Estado (DOE), na edição desta sexta-feira (18).

Denúncia

O padrasto de Danilo, José Roberto, e a mãe, Darcinéia Almeida, denunciaram uma suposta violência praticada pela polícia. Segundo o casal, eles foram ameaçados para que confessassem o crime. A Defensoria Pública Estadual decidiu acolher a denúncia e informou que vai pedir o afastamento da equipe policial que atua na investigação do caso.

Na quarta (16), a denúncia foi feita na Defensoria Pública. O casal foi ouvido pelo defensor Marcelo Barbosa Arantes. Padrasto e mãe relataram que foram vítimas de tortura na noite da última terça-feira (15), quando foram levados por policiais até a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O argumento era o de que eles passariam por uma avaliação psicológica.

Fonte: Redação com assessoria

Comentários

MAIS NO TH