Polícia

23 de junho de 2019 19:43

Polícia Civil fará palestras sobre crimes cibernéticos e concessão de medidas protetivas

Palestras acontecem para todos os delegados e chefes de cartório e operações, no período de 25 a 27 deste mês

↑ Polícia Civil de Alagoas (Imagem: Divulgação)

A Delegacia Geral da Polícia Civil de Alagoas, dando sequência ao processo de valorização permanente e qualificação profissional dos servidores da instituição, promoverá palestras sobre Crimes Cibernéticos e concessão de Medidas Protetivas, para todos os delegados e chefes de cartório e operações, no período de 25 a 27 deste mês.

Para facilitar e proporcionar condições para que todos os integrantes da instituição tenham acesso aos temas, o delegado-geral da Polícia Civil de Alagoas, Paulo Cerqueira, estabeleceu um cronograma para a realização das palestras nas quatro regiões do Estado, publicado no Diário Oficial, na edição de sexta-feira (21). Anteriormente, o delegado-geral já havia determinado que os diretores das Gerências 1,2,3 e 4 convidassem os delegados, chefes de cartório e de operações, de suas respectivas Regiões, para participarem do evento.

No caso dos crimes cibernéticos, a cada dia cresce o número de atos ilícitos cometidos no ambiente virtual, causando impacto na vida da vítima, familiares, amigos, entre outros, sendo necessário atualização constante sobre o que é, e os mecanismos investigativos de combate a esta conduta criminosa da modernidade.

Em relação à violência contra a mulher, serão tratados os novos aspectos da atuação da Polícia Civil com a entrada em vigor, recentemente, da Lei 13.827/19, sancionada pelo presidente da República no mês passado, que autoriza a aplicação de medida protetiva de urgência por delegado ou policial civil, no caso da mulher que estiver em situação de violência doméstica, podendo haver a determinação do afastamento imediato do agressor.

No dia 25, das 9h30 às 13 horas, serão contemplados os policiais civis da Gerência de Policia Judiciária da Região 4 (GPJR 4), que engloba as delegacias do Sertão. O evento será no auditório da Universidade Estadual de Alagoas – UNEAL, na cidade de Santana do Ipanema, para onde devem se dirigir os delegados, agentes e escrivães (chefes de cartório e operações ) da região 4.

No mesmo dia, a partir das 15h30, as palestras acontecem para os policiais civis da Região 3 (GPJR 3), que envolve as unidades do Agreste e Baixo São Francisco. O local será o auditório do hotel Sol Nascente, no município de Arapiraca, localizado na Rodovia AL 220, Km 6.

Em sequência, na quarta-feira (26), as palestras acontecem na cidade de Maragogi, a partir das 9h30, no auditório do Hotel Salinas. Desta feita os participantes serão os delegados, chefes de cartório e operações da Gerencia da Região 2 (GPJR 2), pertencentes às delegacias do Litoral Norte e Zona da Mata.

Concluindo o ciclo de palestras, as unidades da Região 1 (GPJR 1), das delegacias da Capital e Área Metropolitana, terão as palestras no dia 27, a partir das 9 horas, no auditório da Federação da Indústria do Estado de Alagoas – FIEA, localizado na Avenida Fernandes Lima, no bairro do Farol.

Para abordar o tema sobre Crimes Cibernéticos os palestrantes serão o delegado Thiago Prado (responsável pela Seção de Combate aos Crimes Cibernéticos) e o agente João Leonardo (que atua em Brasília, inclusive como docente, no Laboratório de Inteligência Cibernética da Secretaria de Operações Integradas, do Ministério da Justiça e Segurança Pública);

A temática da concessão das Medidas Protetivas ficará a cargo da delegada Cássia Mabel (titular da 2ª Delegacia Especializada da Mulher de Maceió) e a agente Glicia Sayonara (coordenadora do Núcleo de Defesa da Mulher Vítima de Violência Doméstica e Familiar -NUDEM).

“O objetivo é proporcionar aos delegados, agentes e escrivães discussão acerca dos novos aspectos advindos com a entrada em vigor da Lei que modificou a aplicação da concessão de medidas protetivas, por meio da qual os integrantes da Polícia Civil poderão determinar, no caso de violência contra a mulher, entre as possibilidades, o afastamento do agressor. No caso do crime cibernético, é estar atualizado com os mecanismos de enfrentamento e combate à criminalidade no ambiente digital”, frisou o delegado-geral Paulo Cerqueira.

Todos os participantes receberão certificado da Academia da Polícia Civil de Alagoas.

Fonte: Ascom PC/AL

Comentários

MAIS NO TH