Polícia

12 de junho de 2019 10:02

Júri condena acusado de matar mulher por furto de 25 reais

Crime aconteceu em março de 1995; julgamento foi conduzido pelo juiz John Silas da Silva, nesta terça-feira (11), no Fórum da Capital

↑ (Arte: Dicom TJAL)

O Tribunal do Júri da 8ª Vara Criminal de Maceió condenou Manoel de Abreu Menezes, acusado de matar Maria Luciana dos Santos, em março de 1995, em julgamento realizado nesta terça-feira (11), no Fórum da Capital.

Na decisão, o juiz John Silas da Silva definu pena de 19 anos e 3 meses de reclusão para o réu.

De acordo com a denúncia do Ministério Público de Alagoas (MP/AL), Manoel teria atirado contra a vítima por achar que ela havia furtado R$ 25,00 de sua carteira. Durante o processo, o acusado confessou o crime, mas alegou que perdeu o controle emocional durante uma luta corporal com Maria Luciana.

Testemunhas afirmaram que o real motivo do homicídio seria que o réu se interessou pela vítima e foi rejeitado por ela. O crime foi considerado qualificado por motivo fútil e por impossibilidade de defesa da vítima.

A pena deverá ser cumprida em regime inicialmente fechado, mas o magistrado concedeu ao réu o direito de recorrer em liberdade.

Fonte: Dicom TJAL

Comentários

MAIS NO TH