Polícia

10 de junho de 2019 09:30

Falso empresário usava foto de ator pornô para atrair mulheres

José Adelmo Oliveira da Silva, de 23 anos, estudante de psicologia, foi preso pela polícia

José Adelmo Oliveira da Silva, de 23 anos. Esta é a identificação do homem preso pela Polícia Civil de Alagoas, por suspeita de usar imagens de um ator de filme pornô nas redes sociais para chamar a atenção e atrair as vítimas mulheres com nudes. Ele também é suspeito de divulgar as imagens na internet sem consentimento.

Cerca de dez mulheres teriam caído no golpe do falso empresário, que segundo investigação  policial, seria estudante de psicologia, na cidade de União dos Palmares, na Zona da Mata de Alagoas.

Segundo o delegado Thiago Prado, que coordenada a Seção de Crimes Cibernéticos, as investigações apontaram que José Adelmo utilizava o pseudônimo “Tiago” para conversar com as vítimas na internet. O suspeito se passava por empresário e utilizava foto de um ator pornô para se aproximar, virtualmente, das mulheres e, assim, obter conversas íntimas. Ele, ainda, solicitava fotos das vítimas despidas.

Jose Adelmo foi indiciado pelo crime de falsa identidade e divulgação de imagem de nudez sem o consentimento da vítima. O suspeito ainda será investigado pelo crime de extorsão.

Fonte: Tribuna Hoje, com agências

Comentários

MAIS NO TH