Polícia

15 de abril de 2019 16:22

Equipe do Ronda no Bairro presta atendimento a adolescente de 13 anos vítima de estupro

Vítima procurou a base comunitária na manhã desta segunda-feira (15), relatando o que aconteceu; suspeito ainda não foi identificado

↑ Equipe social do Ronda no Bairro atende adolescente no Jacintinho (Foto: Ascom Ronda no Bairro)

A equipe de Articulação e Mobilização Social do Programa Ronda no Bairro, do Governo do Estado, foi acionada na manhã desta segunda-feira (15) por uma equipe da base comunitária do Jacintinho para atender a uma ocorrência de suspeita de estupro de vulnerável, tendo como vítima uma adolescente de 13 anos.

A vítima é moradora de uma região carente do bairro e, em conversa com uma conselheira tutelar da Região V acionada pelo Ronda no Bairro, alegou que foi abusada sexualmente durante a madrugada por um homem mais velho. Segundo ela, o homem teria aproveitado que a porta de casa estava destrancada para invadir o local portando uma arma branca e praticar o crime.

Na ocasião, estavam dentro da residência a garota, a avó e um irmão com quem ela mora, todos dormindo. O suspeito também teria cortado os dedos da adolescente, na tentativa de impedir que ela escapasse. Tanto a vítima como os familiares afirmaram que a demora em buscar ajuda se deu por medo de sair de casa.

Os conselheiros tutelares deram prosseguimento à ocorrência, encaminhando a vítima à delegacia e depois ao Instituto Médico Legal (IML) para a realização do exame de corpo de delito. Novos depoimentos deverão ajudar a polícia na investigação sobre a identidade do autor do crime, que permanece foragido.

Fonte: Ascom Ronda no Bairro / Texto: Alexandre Barbosa

Comentários

MAIS NO TH