Polícia

12 de fevereiro de 2019 08:37

Jovem que estava desaparecida foi abusada sexualmente e torturada antes de morrer

Seis pessoas foram presas suspeitas do desaparecimento e pelo crime brutal

↑ Cinco suspeitos de envolvimento na morte de Joyce estão detidos (Foto: Arquivo Pessoal)

Um crime com requintes de crueldade está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) desde o último sábado (9), quando familiares da jovem Joyce da Silva Alves, de 22 anos, procuraram a polícia para registrar o seu sumiço.

Informações dão conta de que ela teria saído para uma festa supostamente atraída por alguém no Conjunto Graciliano Ramos, parte alta de Maceió.

Seis pessoas foram presas suspeitas do desaparecimento e pelo crime. A jovem teria sido estuprada e torturada antes de morrer. O corpo dela foi encontrado nesta manhã (12) pela polícia em um local de difícil acesso num canavial na Cidade Universitária.

Um dos presos teria confessado e indicado o local onde estaria o cadáver. Há indícios de que Joyce teria ligação com um grupo criminoso na região.

A polícia localizou o corpo de Joyce que estava em avançado estado de decomposição com o rosto desfigurado.

Fonte: Tribuna Hoje

Comentários

MAIS NO TH